Com golaço de Gustavo Scarpa, Palmeiras bate o Grêmio fora de casa e abre boa vantagem nas quartas de finais da Copa Libertadores

Palmeiras derrota o tricolor gaúcho na Arena Grêmio e leva ótima vantagem para a partida de volta, no Pacaembu

Junior Azevedo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina, fanático por futebol e torcedor do Londrina Esporte Clube.

Crédito: Foto: Reprodução/S.E Palmeiras

Jogando na Arena do Grêmio na noite desta terça-feira (20), o Palmeiras derrotou o tricolor gaúcho por 1 a 0 e abriu vantagem nas quartas de finais da Copa Libertadores da América. O gol do verdão foi anotado por Gustavo Scarpa aos 30 minutos da primeira etapa. Com a vitória, o alviverde joga pelo empate na partida da volta, que será realizada na próxima terça (27), às 21h30, no Pacaembu – a partida será realizada no estádio da prefeitura de São Paulo-SP, devido ao show da dupla Sandy e Júnior, que acontecerá no Allianz Parque.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Antes do confronto decisivo pela Libertadores, o Grêmio atuará pelo Brasileirão enquanto o Palmeiras terá um período de folga. O tricolor gaúcho recebe o Athletico Paranaense, no próximo sábado (24), às 17 horas. Já o verdão teve o seu jogo contra o Fluminense adiado pela CBF a pedido das equipes devido as proximidades das partidas da Copa Libertadores e Sul-Americana, respectivamente.

O JOGO

PRIMEIRO TEMPO

O Palmeiras chegou primeiro no confronto brasileiro das quartas da Libertadores diante do Grêmio, mesmo fora de casa. Logo aos quatro minutos, Marcos Rocha cobrou lateral na área e a bola sobrou para Dudu, o craque palmeirense finalizou por cima do gol e perdeu boa oportunidade. Os mandantes responderam com Jean Pyerre, que arriscou um chute de fora da área e a bola passou perto do gol de Weverton, aos sete minutos.

Aos 14 minutos, Alisson fez boa jogada e finalizou para a defesa do goleiro alviverde. Três minutos depois, Bruno Cortez sentiu uma lesão e foi substituído por Juninho Capixada. O jogo ficou meio morno por quinze minutos, muito truncado no meio de campo e com poucas chances de gols. Neste período, Kannemann e Felipe Melo levaram amarelo.

O Palmeiras abriu o placar aos 30 minutos da primeira etapa. Em cobrança de falta ensaiada, Marcos Rocha ajeitou para Gustavo Scarpa, que mandou uma bomba para o gol, a bola pegou no travessão e estufou as redes, golaço do verdão, 1 a 0. Quatro minutos depois Everton Cebolinha fez jogada individual e finalizou por cima.

Aos 42 minutos, Alisson pediu toque de mão dentro da área, mas o árbitro Patricio Loustau (ARG) mandou o jogo seguir. Muito nervoso, os mandantes não conseguiram reagir na etapa inicial e foram para o intervalo com a desvantagem no placar.

SEGUNDO TEMPO

O Palmeiras voltou para o segundo tempo bem postado defensivamente e explorando os contra-ataques. Aos quatro minutos, Marcos Rocha mandou lateral para área e Matheus Henrique afastou mal, Dudu aproveitou o rebote e cabeceou para ótima defesa de Paulo Victor, que salvou o imortal. No lance seguinte, Everton Cebolinha fez boa jogada individual mas foi travado na hora do arremate por Gustavo Gómez.

Aos 11 minutos, Everton Cebolinha chutou de fora para a defesa de Weverton. Dois minutos depois, Renato Portaluppi trocou André por Diego Tardelli no tricolor gaúcho. No lance seguinte, Gustavo Gómez recuou mal para o goleiro palmeirense e por pouco Tardelli não alcançou, bobeira alviverde.

Gustavo Scarpa deu lugar à Raphael Veiga aos 20 minutos. Everton Cebolinha, sempre ele, fez boa jogada individual mas finalizou fraco para fácil defesa de Weverton. Oito minutos depois, Luiz Adriano foi substituído por Carlos Eduardo. Na sequência, Renato Portuluppi trocou Alisson por Luciano. Aos 30 minutos, Carlos Eduardo deu ótimo passe para Dudu, que finalizou na trave e por pouco não ampliou o placar.

No lance seguinte, Felipe Melo chegou firme em Jean Pyerre e foi expulso. O experiente jogador do Palmeiras saiu chorando do gramado com mais uma expulsão. Com um a menos, Felipão tirou William para a entrada do volante Thiago Santos.  Aos 38 minutos, Matheus Henrique finalizou de fora da área mas a bola passou longe do gol de Weverton.

O Grêmio tentava no sufoco, mas pouco assustava a meta do goleiro alviverde. Aos 40 minutos, Jean Pyerre bateu falta com perigo e a bola passou perto do gol. O árbitro argentino deu cinco minutos de acréscimos, e o Palmeiras conseguiu segurar a ótima vantagem para a partida da volta.

FICHA TÉCNICA: Grêmio 0X1 Palmeiras

Motivo: Copa Libertadores da América – Quartas de Finais IDA
Data: 20 de agosto, terça-feira, às 21h30 (de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Arbitragem: Patricio Loustau (ARG)
Auxiliares: Juan Belatti e Diego Bonfa (ARG)
VAR: Mauro Vigliano (VAR)
Público: 47.852 torcedores
Renda: R$ 2.686.970,00
Cartões Amarelos: Kannemann (GRE); Felipe Melo e Thiago Santos (PAL)
Cartões Vermelhos: Felipe Melo (PAL)
Gol: Gustavo Scarpa aos 30 minutos do primeiro tempo
GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez (Juninho Capixaba); Matheus Henrique, Maicon e Jean Pyerre; Alisson (Luciano), Everton Cebolinha e André (Diego Tardelli). Técnico: Renato Portaluppi
PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Raphael Veiga); Dudu, William (Thiago Santos) e Luiz Adriano (Carlos Eduardo). Técnico: Luiz Felipe Scolari

LEIA MAIS

Grêmio x Palmeiras: Assista aos melhores momentos do jogo da Libertadores