Conca diz que timidez atrapalhou seu início no Vasco: “Não conseguia render aquilo que esperava”

Tendo desembarcado no Cruzmaltino após passagens por River Plate e Rosário Central, Conca demorou para se adaptar em São Januário

Bruno Romão
22 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Antes de se firmar como titular do Vasco, Conca precisou lidar com seu psicológico. Como não é fácil chegar em um novo país e se adequar ao novo estilo de vida, o meia demorou para engrenar no time carioca. Além disso, a timidez que o argentino possuía atrapalhou sua convivência dentro e fora de campo.

”Cheguei não falava nada, era muito tímido. Eu entrava em campo e não conseguia render aquilo que esperava. Pensei em voltar (pra Argentina). Pensava ‘eles confiam tanto em mim, eles me tratam bem e eu não consigo render? Vou embora’. Já imaginava jogando segunda divisão da Argentina… cheguei a decidir, aí o Vasco veio falar comigo e comecei a jogar”, declarou à DAZN.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Após boas atuações pelo Vasco, Conca deixou a equipe pela portas dos fundos para acertar como Fluminense. No Tricolor, viveu a melhor fase da carreira. Além disso, também teve uma passagem discreta pelo Flamengo.

LEIA MAIS