Cruzeiro faz contato por Rogério Ceni, técnico do Fortaleza

Diretoria celeste segue em busca de um novo treinador após a saída de Mano Menezes

Luiz Ferreira
Produtor executivo da equipe de esportes da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, jornalista e radialista formado pela ECO/UFRJ, operador de áudio, sonoplasta e grande amante de esportes, Rock and Roll e um belo papo de boteco.

Crédito: Rafael Ribeiro / CBF

Ainda sem acordo com Dorival Júnior para substituir Mano Menezes no comando do time do Cruzeiro, a direção da Raposa segue em busca de um novo treinador. O nome da vez seria o de Rogério Ceni, atualmente no Fortaleza. A informação é do site Superesportes e foi confirmada pelo Globoesporte.com neste sábado (10).

De acordo com o diretor de comunicação do Cruzeiro, Valdir Barbosa, o nome do treinador do Leão do Pici é um dos que vem sendo avaliados pelos dirigentes. O clube mineiro, inclusive, já teria feito contato com os representantes de Rogério Ceni.

“É um dos nomes. Mas é uma situação complicada, pois ele está empregado. Sempre é mais difícil contratar técnicos assim” – explicou Valdir Barbosa ao Superesportes. Ele também lembrou que as negociações serão conduzidas pelo diretor de futebol do clube mineiro, o ex-zagueiro Marcelo Dijian. No entanto, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, informou que ainda não recebeu nenhum contato a respeito de uma possível saída de Rogério Ceni para o Cruzeiro.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Contratado pelo Fortaleza em novembro de 2017, Rogério Ceni conquistou o Brasileirão da Série B em 2018, além do Campeonato Cearense e da Copa do Nordeste já em 2019. Ceni tem 94 partidas à frente do Leão do Pici com 51 vitórias, 18 empates e 25 derrotas, com 60,64% de aproveitamento. O próximo jogo do Fortaleza acontece nesta segunda-feira (12), às 20 horas, contra o CSA, em Maceió.

Além de Rogério Ceni e Dorival Júnior (que, segundo Valdir Barbosa, ainda está na lista dos dirigentes celestes), o Cruzeiro também trabalha com o nome de Adilson Batista, técnico do clube entre 2008 e 2010. Adilson ficou marcado pelo excelente retrospecto em clássicos contra o rival Atlético-MG: nove vitórias, dois empates e apenas uma derrota. Sem vencer há oito partidas, o Cruzeiro encara o Avaí neste domingo (11), às 16 horas, em Florianópolis, sob o comando do interino Ricardo Resende.

LEIA MAIS:

Mercado da Bola: Cruzeiro segue buscando a contratação de volante revelado pelo Palmeiras que brilhou no Paulistão 2019

San-São e Cruzeiro com interino: o que esperar da 14ª rodada do Brasileirão