Cruzeiro x Inter: quatro jogadores que podem decidir para o Colorado na Copa do Brasil

Cruzeiro e Inter iniciam nesta quarta-feira (7), às 21h30 (de Brasília), no Mineirão, a disputa por uma vaga na final da Copa do Brasil

Luis Felipe Pereira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/ Internacional facebook oficial

A Copa do Brasil chega a seus momentos decisivos e apenas quatro times disputam as duas vagas na grande decisão do torneio nacional. Nesta quarta-feira (7), o Inter visita o Cruzeiro pelo jogo de ida da semifinal da competição e tenta se aproveitar do mau momento vivido pelo clube mineiro após a eliminação na Libertadores e as derrotas no Brasileirão. Já a equipe gaúcha, apesar da derrota diante do Fluminense, segue embalada pela classificação para as quartas da Libertadores com duas vitórias sobre o Nacional-URU.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Confira quatro jogadores que podem decidir para o Inter:

1 – Paolo Guerrero

O centroavante peruano tem sido sinônimo de gols na Libertadores e foi decisivo para a classificação do Inter diante do Nacional, marcando o gol da vitória por 1 a 0 no Uruguai e sacramentando a vaga para as quartas de final com outro tento na partida de volta. Sem D’Alessandro, expulso na partida contra o Palmeiras, Guerrero terá que chamar a responsabilidade e levar sua boa fase também para a Copa do Brasil, aproveitando-se do momento psicológico ruim do Cruzeiro.

2 – Nico López

O uruguaio tenta encerrar a longa sequência sem balançar as redes e terá papel importante na partida contra o Cruzeiro. Formando a dupla de ataque com Guerrero, caberá a Nico López puxar os contra-ataques da equipe gaúcha que deve adotar uma postura menos ofensiva atuando fora de casa.

3 – Rafael Sobis

Ainda que não apareça entre os 11 jogadores que iniciarão a partida, Rafael Sobis tem tudo para contribuir com sua experiência e histórico de sucesso e gols em mata-mata. Além disso, o atacante pode colocar em prática a conhecida “lei do ex” e deixar sua marca contra o clube que defendeu entre 2016 e 2018, antes de se transferir para o Inter.

4 – Patrick

Com a ausência de D’Alessandro e consequentemente com um meio-campo mais marcador, o Inter terá em Patrick um jogador com um pouco mais de liberdade para se aproximar do ataque e aparecer como elemento surpresa concluindo a gol. A estratégia funcionou contra o Palmeiras, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, já que foi dele o tento que garantiu a vitória do Colorado.

LEIA MAIS:

Ex-Inter “invade” entrevista de Uendel e deixa recado: “Cruza pro Guerrero”