Edina Alves será a primeira mulher a apitar uma final de Campeonato Brasileiro

Paulista será a árbitra principal da partida entre Manaus e Brusque no domingo (18), no jogo de volta da final do Brasileirão da Série D

Luiz Ferreira
Produtor executivo da equipe de esportes da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, jornalista e radialista formado pela ECO/UFRJ, operador de áudio, sonoplasta e grande amante de esportes, Rock and Roll e um belo papo de boteco.

Crédito: Kin Saito / CBF

A paulista Edina Alves Batista será a árbitra principal do segundo jogo da decisão do Campeonato Brasileiro da Série D, entre Manaus e Brusque. A partida acontece no próximo domingo (18), na Arena da Amazônia, em Manaus. Essa será a primeira vez na história em que uma mulher vai apitar uma final de Brasileirão em qualquer divisão.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Árbitra da Categoria FIFA, Edina Alves Batista tem 39 anos e atua desde 2007 na função. Ela já apitou duas partidas no Campeonato Brasileiro da Série A: Atlético-MG 2 x 2 Fortaleza e CSA 1 x 0 Goiás. Ela será auxiliada por Alex Ang Ribeiro, de 35 anos, e Daniel Paulo Ziolli, de 38 anos, todos de São Paulo com jogos pela Série A nessa temporada. O quarto árbitro será Adriano de Assis Miranda. Além dos jogos na elite do Brasileirão, Edina Alves tem vasta experiência como árbitra assistente.

No primeiro jogo da decisão da Série D, disputado em Santa Catarina, Brusque e Manaus empataram em 2 a 2 e deixaram a decisão em aberto. Quem vencer a partida fica com o título da Série D. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis. Vale destacar que a final da competição não conta com o critério do gol qualificado.

LEIA MAIS:

Agora é mata-mata! O que vem por aí nas quartas do Brasileirão Feminino

Acordo com TV barra a final Brasileiro Feminino A2 no Morumbi