Elogios, dedo do presidente e “surto” de Léo Moura: os bastidores da classificação do Grêmio

Gols marcados por Everton e Alisson sobre o Palmeiras no Pacaembu levaram o Grêmio à semifinal da Libertadores de 2019

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Montagem sobre imagens de divulgação/Lucas Uebel - reprodução/YouTube

Acertou quem resolveu acreditar no Grêmio. Mantendo a sua fama de copeiro e imortal, o tricolor gaúcho foi ao Pacaembu e reverteu a vantagem que o Palmeiras havia construído por 1×0, na Arena. Com gols de Everton e Alisson, virou a partida para 2×1, se classificou às semifinais da Libertadores pelo terceiro ano seguido e, claro, recebeu muitos – e justos – elogios.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Entre a sempre rígida e crítica imprensa gaúcha, raros foram os comentaristas e repórteres que não se renderam ao feito do time do técnico Renato Portaluppi – épico, dito por ele próprio. Para o analista e apresentador da Rádio Bandeirantes, Alex Bagé, o Grêmio acertou ao não vender Everton e Renato “aposentou” Felipão, treinador do Palmeiras.

“Acertou o presidente Romildo ao não vender Everton por 40 milhões de euros. Ele vale muito mais (…) Renato aproveitou a reforma da previdência e aposentou Felipão”, escreveu Bagé no Twitter.

O repórter Rafael Serra, do Grupo Bairrista, por sua vez, criticou os “colegas” jornalistas de São Paulo que estavam dando o jogo como “jogado”, colocando o Palmeiras já de malas prontas para a semifinal antes da bola rolar.

“Um abraço para os colegas de São Paulo que passaram o dia colocando o Palmeiras na semifinal da Libertadores. Não aprenderam ainda a analisar o adversário, que tem chegando em TODAS competições nos últimos 3 anos e é Gigante. O #Grêmio é Gigante!”, publicou.

Para Maurício Saraiva, comentarista da RBSTV e da Rádio Gaúcha, o Grêmio viveu “noite histórica” no Pacaembu. Foi nesse sentido a sua coluna no portal Globoesporte.com:

“O Grêmio desbanca o Palmeiras e deve estar iniciando uma crise de proporções gigantescas no clube que mais investiu em reforços no futebol brasileiro. O Grêmio cresce na hora grande outra vez e espera por Flamengo ou Inter. A noite histórica do Grêmio no Pacaembu teve aquilo que qualquer torcedor gosta. Bravura, competência, superação e vitória”, frisou.

Dedo do presidente antes (e durante) a vitória

Romildo Bolzan Jr entrou em cena. Horas antes da bola rolar, teve a palavra e passou um posicionamento da direção ao grupo de jogadores. Fez questão de tirar o peso das costas dos atletas e transmitir segurança independente do resultado que viria a seguir.

Para Renato, as palavras do presidente ao elenco foram “inteligentes e sábias” e, sim, ajudaram no grande desempenho dentro de campo.

“Não falei nada que não fosse para reforçar nossa relação. Estamos satisfeitos com os jogadores e temos muita confiança neles. Estamos sustentados nas capacidades deles. Disse a eles que se tivéssemos um insucesso hoje, amanhã a vida seguiria. Se eles tiveram mais segurança para jogar a partir disso, ótimo. Estamos fazendo todos os processos para seguir nos campeonatos. Disse que se não chegássemos hoje, não teria problema nenhum. Porque seguiríamos nos preparando pra jogar contra o São Paulo e depois lutar pela Copa do Brasil”, revelou Bolzan após a classificação.

Léo Moura em noite de torcedor

Por conta de uma lesão muscular na coxa sofrida contra o próprio Palmeiras, mas pelo empate em 1×1 pelo Brasileirão, na Arena, Léo Moura está fora de combate e deverá levar cerca de um mês para retornar. Longe de corpo e perto de alma, ele vibrou com veemência pela classificação do Grêmio.

No Instagram, o experiente lateral-direito gravou um vídeo gritando perto da janela de sua própria casa: “Isso é Grêmio! Tem que respeitar! Vem tranquilo, vem tranquilo”.

Confira:

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Inter ou Flamengo? Lateral do Grêmio evita projetar rival da semi: “Seja o que Deus quiser”

Renato vê vitória “épica” e celebra terceira semi seguida de Libertadores: “Isso aqui é Grêmio”