Ex-São Paulo, Régis some, não atende ligações do São Bento e abandona reabilitação; contrato deve ser rescindido, diz site

Jogador ganhou nova chance no clube de Sorocaba no início do ano, mas acumula polêmicas e deve ter contrato rescindido

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/TV Globo

O lateral Régis, que passou pelo São Paulo no ano passado, voltou a desaparecer e abandonou a clínica de reabilitação que frequentava para tratar o vício em álcool e cocaína que o fizeram perder a oportunidade de seguir no Tricolor paulista em 2018, publicou o Globoesporte.com nesta quinta-feira (15).

O atleta retornou ao São Bento no início do ano após encerrar 2018 jogando pelo CSA e fazendo parte do time que conquistou o acesso à Série A do Brasileirão.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Régis era visto como peça-chave no time alagoano no início da temporada, era titular e fazia bons jogos, mas teve seu contrato rescindido após uma recaída nas drogas que o levaram a desaparecer e ser encontrado em um motel.

O jogador recebeu nova chance no São Bento, clube que mais se destacou na carreira e que o levou ao São Paulo, para ajudar na luta contra o rebaixamento na Série B do Brasileirão, mas teria que aceitar frequentar uma clínica de reabilitação em Sorocaba, onde trataria o vício em drogas.

No início do ano, já no São Bento, Régis voltou a ter recaída e acabou preso duas semanas após assinar contrato, quando foi visto dirigindo embriagado e sob porte ilegal de drogas.

O atleta aceitou a reabilitação, que o trataria com um processo de desintoxicação e daria um laudo ao São Bento provando que Régis estaria apto a atuar profissionalmente.

Após bons jogos pelo time sorocabano, tarja de capitão assumida e gol marcado na Série B, o atleta voltou a abandonar o tratamento no início do mês e foi separado do elenco.

Agora, Régis desapareceu e foi para Brasília, onde tem familiares. O atleta não retorna as ligações da diretoria do São Bento e deve ter o contrato rescindido com o clube paulista.

Leia mais:
Neto ironiza o Palmeiras por ser impedido de mandar o jogo diante do Grêmio no Allianz Parque: “Venderam para a Sandy e Junior”