F1: Red Bull substitui Gasly por Albon a partir do GP da Bélgica

Troca do companheiro de equipe de Max Verstappen foi anunciada na manhã desta segunda-feira pela equipe austríaca

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Red Bull

A Red Bull anunciou na manhã desta segunda-feira (12) a chegada de Alexander Albon para o time já a partir do Grande Prêmio da Bélgica, que será disputado no circuito de Spa-Francorchamps. O piloto, que faz sua temporada de estreia neste ano, ocupará o lugar de Pierre Gasly, que por sua vez retornará a Toro Rosso, time onde o tailandês iniciou o campeonato deste ano.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Terceiro colocado da Fórmula 2 no ano passado, Albon fez a primeira parte da temporada pela Toro Rosso, onde somou 16 pontos nas primeiras 12 corridas do campeonato. Seu melhor resultado foi o sexto lugar no GP da Alemanha, disputado em Hockenheim, mas o piloto soma cinco chegadas entre os dez primeiros, ajudando a equipe de Faenza a aparecer na quinta posição do Mundial de Construtores.

Gasly, que se destacou na Toro Rosso em 2018, não se mostrou capaz de incomodar os pilotos de Ferrari e Mercedes atuando pela Red Bull. O piloto francês é apenas o sexto colocado do campeonato com 63 pontos, somente cinco pontos à frente de Carlos Sainz, da McLaren. A pontuação baixa também não ajuda a Red Bull na briga pelo segundo lugar entre os construtores, com o time de Milton Keynes 44 pontos atrás da Ferrari.

Esta não é a primeira vez que a Red Bull mexe com sua dupla de pilotos no meio da temporada. Em 2016, Daniil Kvyat, que chegou ao time em 2015 para ocupar o lugar deixado por Sebastian Vettel, foi relegado pela equipe austríaca após quatro corridas para dar lugar a Max Verstappen, então piloto da Toro Rosso. O russo deixou a F1 após o GP dos Estados Unidos de 2017, e retornou ao time de Faenza neste ano, conquistando o terceiro lugar no GP da Alemanha.

A Fórmula 1 está em seu período de férias de verão, e retomará seu campeonato no dia 1º de setembro, quando acontece o GP da Béligica, marcado para o circuito de Spa-Francorchamps.

Foto: Red Bull