Gabigol torce por Balotelli no Flamengo, e responde Carlos Alberto: “Meus números dizem mais do que qualquer coisa”

Gabigol revelou que tem tido conversas com o jogador italiano alvo do Flamengo. Ele também diz que está “200%” para enfrentar o Vasco no Mané Garrincha, pela 15ª rodada do Brasileirão

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Gabigol deu entrevista coletiva na manhã desta terça e falou sobre as conversas que teve com Balotelli, alvo do Flamengo nesta janela de transferências. O atacante de 22 anos torce por um acerto do italiano com o clube carioca, ainda mais agora, que Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube, viajou à Itália para negociar com o jogador.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

“Nos falamos por redes sociais e por telefone, conversamos um pouco sobre tudo. Não só sobre futebol. Não conheci pessoalmente na Itália, mas já criamos um pouco de amizade. Conversamos sobre como ele está lá, como eu estou aqui”, disse.

“É um grande jogador e, sabendo que o Marcos (Braz) foi para lá… torço para que o final seja feliz, mas para que a decisão dele venha do coração. O que ele escolher, vou apoiar. Tem se mostrado uma pessoa muito humilde, muito tranquila. Mas espero que ele venha para o Flamengo”, completou.

O rubro-negro ainda falou sobre a polêmica criada pelo ex-jogador e agora comentarista Carlos Alberto, que disse que chamaria o atacante apenas de “Gabriel Barbosa”, já que Gabigol, segundo ele, “não está nem entre os dez maiores artilheiros da Série A”.

“Respeito a opinião de todo mundo. Não vejo problema de me chamar de Gabriel, Gabriel Barbosa ou Gabi… Não entro em polêmica, até porque acho que meus números dizem mais do que qualquer coisa. Respeito a opinião dele. Foi um grande jogador, agora está sendo comentarista. Espero que ele também seja muito bom (como comentarista) e que ele fale as coisas com argumentos”, disse.

Flamengo x Vasco e Flamengo x Internacional

Sobre o clássico contra o maior rival no próximo sábado, pela 15ª rodada do Brasileirão, o atacante disse que está 200% preparado. E também comentou sobre o duelo contra o Inter, na semana que vem, pela Libertadores.

“Nosso foco é no sábado. Pensamos no Vasco agora. São dois grandes jogos pela frente. Queremos sair vencedores. Sobre quarta, o Guerrero é um grande jogador. Sou muito fã dele. Não temos características parecidas, é difícil de comparar. Ele é mais de área”, concluiu.

LEIA MAIS: