Galvão Bueno compara expulsão de Felipe Melo a golpe de MMA e demonstra surpresa por falta de preocupação com desmaio

Camisa 30 do Palmeiras foi expulso após agressão a Lucca no domingo

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Sportv

A expulsão de Felipe Melo em Palmeiras x Bahia no último domingo (11) segue repercutindo na imprensa e mais um a detonar a violência do volante do clube paulista foi Galvão Bueno.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Durante a transmissão do programa Bem, Amigos, o narrador fez questão de elogias a qualidade técnica do jogador do Palmeiras, mas demonstrou surpresa com o lance, mesmo com o histórico de expulsões do camisa 30.

“Aquilo é uma agressão ao adversário. É um cara que joga muita bola, mas perde a cabeça quando agride um adversário daquela forma”, disse Galvão sobre a expulsão de Felipe Melo durante o programa.

“Fiquei apavorado com a violência do golpe. Como o Lucca cai inteiramente desmaiado. Poucas vezes vi em uma luta de boxe ou no MMA eu vi alguém ir à nocaute desse jeito. Ele não teve a preocupação de ver o estado do jogador que está desmaiado no chão. Podemos entender que o braço é pra se defender, mas não ter a preocupação de ver o companheiro de profissão que está desmaiado? Fica discutindo com o juiz, se foi ou não foi justa a expulsão. Eu não sei, não sou psicólogo, não tenho capacidade para analisar isso. Ele joga muita bola.”

No lance em questão, Lucca subiu para disputar a bola com Diogo Barbosa, mas Felipe Melo partiu em velocidade e acertou uma cotovelada em cheio no atacante, que caiu desmaiado no gramado do Allianz Parque.

Leia mais:
Galvão Bueno critica Rogério Ceni e diz que técnico abandonou trabalho por “grife” do Cruzeiro

Brasileirão: Gabigol segue na liderança da artilharia após o fim da 14ª rodada; veja disputa

Cruzeiro e Vasco estão entre os piores ataques do Brasileirão; confira o top-5 após a 14ª rodada