Grêmio renova com meia e estipula maior multa rescisória da história do clube

Jogador é apontado como um dos principais nomes no elenco tricolor do técnico Renato Gaúcho

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores

Crédito: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O Grêmio deu outra boa notícia ao torcedor. Um dia após vencer o Athletico Paranaense na Copa do Brasil, o clube renovou contrato com o meia Jean Pyerre. Ele é apontado como um dos principais nomes do elenco atual. As informações são do GloboEsporte.com.

Com isso, o novo vínculo aumenta dois anos de duração. O anterior era até 2021, e agora fica para 2023. O tricolor ainda impôs a multa rescisória mais cara da história da equipe – 120 milhões de euros (R$531,92 milhões).

Jean Pyerre se tornou titular do Grêmio nesta temporada. São 34 partidas disputadas e cinco gols marcados. O mais recente deles na última quarta-feira (14), na vitória por 2×0 sobre o Athletico, em cobrança de falta.

Renovar com o meia significa tentar blindá-lo do possível interesse de clubes estrangeiros. O tricolor sabe que o jogador tem sido um dos destaques. Isso, naturalmente, costuma chamar atenção de agremiações de longe.

O Grêmio volta a campo talvez com um time mesclado no próximo sábado (17). A partida é contra o Palmeiras, às 21h (de Brasília), na Arena do Grêmio. Ela é válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS
MEIA CITA PALMEIRAS, SANTOS E GRÊMIO COMO DESTAQUES DO FUTEBOL BRASILEIRO NA TEMPORADA

HERNANES CHEGA BADALADO AO TRICOLOR PAULISTA, MAS DEMORA A DESLANCHAR EM 2019