Ídolo do Santos, Pepe diz quem foi o maior craque brasileiro depois de Pelé

Pepe,  eterno “Canhão da Vila”, revela em seu canal no YouTube quem foi, para ele, o segundo maior jogador do Brasil

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/ YouTube

Para José Macia, o Pepe, ex-jogador do Santos e da seleção brasileira, Mané Garrincha foi o maior craque brasileiro de todos os tempos depois de Pelé. A afirmação foi feita em vídeo publicado por ele nesta quarta (14) em seu canal no YouTube, o “Canal Pepe 11”.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Aos 84 anos, o “Canhão da Vila” é um “oldtuber” ou, segundo ele, “o youtuber mais velho” do país. Incentivado pela filha, que é jornalista, o ídolo santista criou o “Canal Pepe 11″ para relembrar histórias curiosas e engraçadas que viveu no futebol, dentro e fora das quatro linhas.

“Eu vi ele jogar de perto. Fui testemunha de seu talento inigualável. Para mim, depois do Rei Pelé, Garrincha foi o maior craque brasileiro de todos os tempos”, declara Pepe no vídeo.

“Ele era um ponta direita fantástico, na ponta esquerda ele já não era a mesma coisa. E era um ponta aberto, que destroçava os adversários. Não adiantava marcá-lo, ele passava por dois, três e chegava no gol toda hora (…) as pernas tortas dele eram um complemento, o valor técnico dele era acima do normal”, explica.

Para Pepe, qualquer equipe que tivesse a pretensão de vencer o Botafogo teria obrigatoriamente que anular o “Anjo das Pernas Tortas”. E essa tarefa, definitivamente, não era das mais simples.

“Quem o marcava nos jogos contra o Santos era o Dalmo, que tinha muita dificuldade como todo adversário. E não adiantava dar pontapé, porque ele continuava driblando do mesmo jeito”, lembra o ex-atacante do Peixe, que completou:

“Eu cheguei a ficar no mesmo quarto com o Garrincha na seleção. Era um cara muito alegre, estava sempre assobiando, cantando e feliz (…) Era um cara humilde, um cara bom. Na concentração da seleção ele até aprendeu a tocar um pouco de violão (…) Depois do Pelé, eu considero o Mané o maior de todos”.

LEIA MAIS

Elenco do Santos se reapresenta e Felipe Jonatan mostra confiança: “Continuamos na liderança”

Batatais é suspenso pelo TJD-SP e será punido por W.O nas duas últimas rodadas da Copa Paulista

Autuori justifica pedido de Sampaoli para retirar multa de contrato