Inclusão da WNBA no jogo NBA 2K20 gera comentários machistas nas redes

A presença do basquete feminino no NBA 2K20 recebeu vários elogios. Mas também gerou uma onda de comentários e memes sexistas. 2K Sports criticou a atitude.

Gustavo Militão
Jornalista de Recife-PE, apaixonado por esportes.

Crédito: Reprodução

A chegada da liga feminina de basquete dos Estados Unidos (a WNBA) ao jogo de basquete NBA 2K20 foi impactante. Muitos elogiaram a atitude nas redes sociais, que mostra a força cada vez maior da presença feminina nos games e também nos eSports. A versão 2020 do aclamado jogo trará a presença de todas as jogadoras da liga em seus respectivos times, pela primeira vez na franquia.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Todavia, a notícia da inclusão da WNBA ao NBA 2K20 também foi acompanhada por uma onda de comentários machistas. Muitas jogadoras que estarão no jogo foram assediadas em suas redes sociais. Um exemplo disso foi o da jogadora Breanna Stewart, que anunciou em seu Twitter que estaria presente no jogo. Um internauta perguntou a ela se além do modo carreira disponível no jogo também teria um “modo cozinheira”.

Outros comentários perguntavam se as jogadoras ficariam grávidas no game ou até se elas conseguiriam pular para fazer os arremessos. Muitos memes também começaram a circular em redes sociais do jogo, como no Reedit. A medida que iam surgindo, eles eram imediatamente removidos nas redes sociais oficiais do jogo.

Empresa condena a atitude

A situação chegou ao ponto que a 2K Sports precisou se posicionar sobre o assunto, condenando a atitude dos internautas. “Nossa franquia sempre tentou capturar a essência do basquetebol – não importando quem jogasse – se você ama o jogo, ama o jogo. Como amantes do basquete, estamos orgulhosos em trazer a modalidade das mulheres para os milhões de fãs de NBA 2K pelo mundo”, disse um porta-voz da empresa ao site “Kokatu”. Além disso, os moderadores das redes sociais do jogo removeram dezenas de comentários e memes com conteúdo machista.

Além de Breanna, várias outras jogadoras da WNBA também foram vítimas de comentários agressivos em suas redes sociais. Entretanto, nenhuma delas quis comentar sobre o ocorrido.

LEIA MAIS:

The International 2019: Onde assistir e tudo que você precisa saber