Inter: Vice de futebol diz que derrota para Goiás não influenciará na Libertadores

Roberto Melo refutou o fato de que a derrota possa causar mudanças no Colorado para a decisão na Libertadores.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/ESPN

Antes da partida de volta das quartas de final da Libertadores, o Inter viu seu time reserva perder de virada para o Goiás por 2 a 1. Uma derrota que, para muitos, pode assustar o Colorado antes de uma partida decisiva.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Na visão do vice-presidente de futebol do clube, Roberto Melo, a derrota não terá impacto na equipe que jogará na quarta-feira (28). Mas o dirigente colorado vê que o jeito que o resultado foi construído faz com que o time tenha aprendizado para a sequência do ano.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“A derrota não tem impacto nenhum para quarta-feira. O impacto é hoje (domingo), a maneira que o time jogou. O Goiás com dez homens, nós ganhando de 1 a 0 e eles sempre tiveram mais fome, ganhando a primeira, a segunda bola. Essas coisas não dá para esquecer e temos que nos lembrar bastante. Sabemos que não é assim. Se não servir de aprendizado, vai ser difícil”, disse Melo segundo o Globoesporte.com

A virada do Goiás acontece depois do Inter perder a partida de ida da Libertadores por 2 a 0 no Maracanã. Tendo de igualar tal vantagem para, pelo menos, levar a partida para os pênaltis, o Colorado terá missão difícil para buscar a vaga nas semifinais.

O Inter abrirá os portões do Beira-Rio para a torcida no último treino antes do jogo contra o Flamengo.  Odair deverá ter os titulares à disposição para buscar reverter a vantagem imposta pelos cariocas.

LEIA MAIS

Odair garante Inter focado para buscar virada contra o Flamengo

Flamengo terá problemas pra resolver no meio-campo para o embate contra o Inter

(Crédito da foto: Reprodução/ESPN)