Internacional reverteu dois gols de diferença no jogo de ida apenas uma vez na história da Libertadores

O Internacional acabou derrotado por 2 x 0 pelo Flamengo nesta quarta-feira (21), em show de Bruno Henrique, e agora terá uma semana para se preparar para o jogo de volta, e tentar reverter o placar no Beira-Rio

Andressa Fischer
Gaúcha, 21 anos. Vôlei | Futebol Gaúcho | Flamengo

Crédito: Foto: Reprodução/Twitter

Apenas uma vez na história o Internacional conseguiu reverter uma desvantagem de mais de dois gols de diferença na Libertadores. E para os supersticiosos de plantão, foi justamente no ano do bicampeonato. Um alento para virar o placar desfavorável, construído pelo Flamengo no Maracanã, e se classificar entre os quatro melhores da competição.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e se inscreva!

Em 2010, o Colorado reverteu uma vantagem de 3 x 1 do Banfield. Jogando diante de sua torcida, em Porto Alegre, fez 2 x 0 na partida de volta, com gols de Alecsandro e Walter, eliminaram os argentinos no saldo qualificado, e se classificaram para as quartas de final da competição continental.

Nas fases seguintes, o Alvi-Rubro ainda eliminaria Estudiantes e São Paulo, e na grande final bateria o Chivas Guadalajara por 5 x 3 no agregado – 2 x 1 no México e 3 x 2 no Rio Grande do Sul, se sagrando, assim, bicampeão do torneio quatro anos depois do primeiro título.

Ficha técnica – Inter x Banfield – Oitavas da Libertadores de 2010

Banfield 3 x 1 Internacional (IDA)

Banfield: Lucchetti; Ladino, Barraza, Maidana e López; Battión, Quinteros, Rodríguez (Mauro dos Santos) e Erviti; Fernández (Sardella) e Ramírez. Técnico: Julio Falcioni
Inter: Abbondanzieri; Bolívar, Sorondo e Fabiano Eller; Nei, Sandro, Guiñazu, Andrezinho (Taison), D’Alessandro (Everton) e Kléber; Alecsandro (Walter). Técnico: Jorge Fossati
Gols: Rodríguez, aos 2min, Battión, aos 14min, e Fernández, aos 35min do 2º tempo (Banfield); Kléber, aos 5min do 2º tempo (Inter)
Cartões vermelhos: Barraza (Banfield) e Kléber (Inter)
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)
Local: Estádio Florencio Sola, Buenos Aires (ARG)

Internacional 2 x 0 Banfield (VOLTA)

Inter: Pato Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Sorondo e Fabiano Eller; Sandro, Guiñazu, Andrezinho (Giuliano) e D’Alessandro (Glaydson); Walter (Éverton) e Alecsandro.
Técnico: Jorge Fossati.
Banfield: Cristian Lucchetti; Santiago Ladino (Dos Santos), Maidana, López e Bustamante (Laso); Quinteros (Cardaccio), Battión, Erviti e Rodriguez; Ramírez e Fernández.
Técnico: Julio Falcioni.
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS
Árbitro: Roberto Carlos Silveira-URU
Cartões Amarelos: Nei, Fabiano Eller, D’Alessandro, Bolívar e Guiñazu (Internacional); Battíon e Rodríguez (Banfield-ARG).
Cartões Vermelhos: Rodríguez (Banfield-ARG).
Gols: Alecsandro aos 41’/1T, Walter aos 11’/2T (Internacional)

LEIA MAIS

Rafael Sobis lamenta vacilos do Internacional mas aposta em jogo “totalmente diferente” na volta