Jesus revela que foi procurado pelo Chelsea, mas preferiu o Flamengo

Treinador português assumiu o comando do Rubro-Negro no início de junho deste ano

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Contratado no início de junho para substituir Abel Braga no comando técnico do Flamengo, o português Jorge Jesus revelou que tinha outras alternativas na Europa, incluindo o Chelsea, da Inglaterra, mas preferiu um desafio maior ao aceitar a proposta do time carioca.

Em entrevista ao “Blog do PVC“, o treinador do Rubro-Negro explicou os motivos que o fizeram escolher treinar um dos maiores clubes do Brasil, mesmo com outras opções para seguir a carreira na Europa ou no endinheirado mundo árabe.

Se fosse pelo dinheiro, poderia ter ficado no Al Hilal. Poderia também ter ido a clubes da Inglaterra“, disse Jorge Jesus, que treinou o clube da Arábia Saudita antes de assumir o Flamengo. “Eu escolhi o Brasil“, completou.

De acordo com o Blog, o português revelou que tinha proposta do Newcastle e que, com a saída de Maurizio Sarri do Chelsea para a Juventus, havia a possibilidade de assumir seu lugar. “Meu agente não queria que eu viesse ao Brasil“, disse Jesus, confirmando a chance de assumir o clube de Londres: “Foi o que me disseram.

Franck Lampard, ídolo e ex-jogador do Chelsea, acabou assumindo a vaga deixada por Sarri nos Blues.

Fim da busca por centroavante

Na mesma entrevista, Jorge Jesus ainda considerou que a tentativa do Flamengo de contratar mais um centroavante nesta temporada terminou após a frustrada negociação com o italiano Mário Balotelli.

Sem o acordo, o treinador rubro-negro crê que não há mais tempo hábil para a contratação de um novo centroavante.

A janela de contratações está fechada, exceto para jogadores sem contrato. Neste momento, acho que não é mais viável pensar em outro avançado“, disse o português.

LEIA MAIS: