Jogadores do Paraná ameaçam não concentrar antes de partida da Série B por atraso de salários

Último triunfo do time Tricolor no certame foi no dia 23 de julho, fora de casa

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Divulgação - Atlético-GO

Após o episódio com o Figueirense na última terça-feira (20), os jogadores do Paraná ameaçam não se concentrar nesta sexta-feira para o duelo da 18ª rodada da Série B diante do Criciúma, na Vila Capanema. A motivação é dada pelo atraso do pagamento dos direitos de imagens dos últimos dois meses, que compõe boa parte do salário dos atletas. A informação foi apurada pelo Globoesporte.com.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Segundo o portal, antes do treinamento desta manhã, a reivindicação foi feita ao presidente do Paraná, Leonardo Oliveira. Houve uma conversa dos jogadores com o dirigente nos vestiários da Vila Capanema, antes da programada coletiva de imprensa. De acordo com o Tricolor, uma nova reunião deve acontecer após o treinamento.

Único a conversar com a imprensa na coletiva, o técnico Matheus Costa confirmou a reivindicação dos jogadores pelas pendências financeiras.

– Isso foi uma das pautas dentro da reunião, mas não tem nada definido e ficar após o treino. A assessoria vai comunicar isso.

Na concepção do treinador, atualmente há uma consciência maior por parte dos jogadores sobre a preservação em dias que antecedem partidas e por isso, a concentração não é algo tão vital atualmente entre as equipes.

Com três derrotas e dois empates nos últimos cinco jogos, o Paraná acumula 24 pontos e ocupa a 11ª posição na tabela. Um triunfo sobre o Tigre recoloca a equipe na embolada briga pelo G4 – atualmente cinco tentos separa o time paranista do Sport, quarto colocado na classificação.

LEIA MAIS: