Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Vôlei: 3 jogadores que entram no radar de Renan após o bronze no Pan 2019

Acabou a participação do vôlei masculino no Pan 2019, e a seleção brasileira terminou com a medalha de bronze. E o Torcedores.com montou uma lista com alguns jogadores que entraram no radar de Renan na competição

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/CBV

O Pan 2019 não acabou do jeito que a seleção masculina queria, no alto do pódio, mas os comandados de Marcelo Fronckowiack terminaram em terceiro lugar, vencendo o Chile na disputa do bronze, e colocaram o ponteiro Kadu na seleção do campeonato.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e se inscreva!

Veja 3 destaques do Brasil no Pan 2019:

Kadu –

O ponteiro é convocado regularmente para a seleção brasileira, e esteve no grupo que foi prata em Toronto, mas na época estava atrás de Douglas Souza, Maurício Borges e João Rafael, e não foi aproveitado.

Nessa edição, virou titular no decorrer da competição, após o bom rendimento na partida decisiva contra os Estados Unidos na última rodada da fase de grupos, em que entrou no lugar de Rodriguinho no meio do jogo, e anotou 15 pontos – quase 70% de aproveitamento no ataque.

No jogo da medalha de bronze contra o Chile, Kadu colocou 18 bolas na quadra adversária, e teve 52% de eficiência no ataque. Apesar de ainda se mostrar deficiente no passe, evoluiu no fundamento durante o torneio, e foi eleito o melhor ponteiro da competição.

Após três temporadas na Itália, se transferiu para o voleibol francês nessa temporada, onde irá jogar no Paris Volley. No Brasil, o jogador tem passagens por Montes Claros, e pelo Sada Cruzeiro.

Abouba –

Campeão da Superliga Masculina pelo Taubaté em 2019, se transferiu para o Vibo Valentia, da Itália, após o bom desempenho nas finais com a camisa da equipe paulista. No Pan, foi o principal desafogo de Thiaguinho no ataque, com 70 pontos anotados nos cinco jogos da seleção no torneio.

Tem tudo para a aparecer na pré-lista de Renan para Tóquio-2020, se repetir o bom desempenho no clube italiano.

Rogerinho –

Destaque nas seleções de base, repetiu o sucesso nesse ano nos Jogos Pan-Americanos. Apesar de não ter levado nenhum prêmio individual, contribuiu com defesas importantes para a construção de jogadas brasileiras, além de colocar a bola na mão do levantador.

Nessa temporada irá atuar no Taubaté, e irá brigar com o titular da seleção Thales, depois de três temporadas defendendo a camisa do Minas.

LEIA MAIS

CBV divulga a lista das convocadas para disputar o Pan 2019; veja os nomes

Com o Brasil, favoritas se garantem em Tóquio-2020 no Pré-Olímpico de vôlei