Khabib diz que rivalidade com McGregor jamais se encerrará: “Se a gente se ver, iremos brigar”

Russo, que enfrentará Dustin Poirier no UFC 242, afirma que jamais cessará rivalidade com o irlandês.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução

Khabib Nurmagomedov enfrentará no próximo final de semana Dustin Poirier no UFC 242, em Abu Dhabi. Mas sua história permanece ligada a de outro rival em sua carreira, Conor McGregor.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Em entrevista à ESPN americana, o campeão peso-leve do Ultimate afirmou que a rivalidade com o ‘Notorious’ jamais se encerrará. Mesmo depois de tê-lo vencido na luta entre ambos, no UFC 229.

“Mesmo aquela luta não encerrou. Não é apenas vencê-lo. Apenas querer vencer o Conor? Jamais. Tenho que vencer o time inteiro dele. É o que eu achava antes daquela luta, é por isso que falo com meu time que, naquele dia, seria uma guerra. Não é apenas uma luta. (A rivalidade nunca vai acabar”, disse Khabib,

“Se a gente se ver novamente, mesmo que seja em outro lugar, iremos brigar. Não importa se alguém vai preso por isso. Não tenho medo. Ou vão par o hospital ou a cadeia. E é isso”, completou.

Porém, a permanência da chama da rivalidade com McGregor não será suficiente para que o lutador aceite uma revanche com o irlandês. Mesmo com Dana White torcendo para que uma segunda luta entre ambos possa ser tão histórica quanto a primeira, Khabib afirma que recusará tal oferta.

“Ele tem que voltar e vencer umas nove ou dez lutas antes de querer lutar comigo. Muita gente vai pensar que eu digo isso e o UFC vai me oferecer milhões para aceitar a revanche e eu não irei. Que o Conor volte e mostre do que é capaz. Que o Dana não me fale sobre essa luta. Quero lutar contra lutadores de verdade, Dustin Poirier, Tony Ferguson, Georges St-Pierre. Quero lutar contra eles, não contra um cara que nunca vence”, disparou.

LEIA MAIS

UFC Shenzen: Jéssica Andrade e Weili Zhang passam pela balança e confirmam disputa de cinturão; confira os resultados da pesagem

Elizeu Capoeira minimiza pressão de torcida para luta no UFC Shenzhen

(Crédito da foto: Reprodução)