Klopp acaba com proibição inusitada imposta por ele mesmo no Liverpool

Treinador alemão tomou a decisão inicialmente logo que chegou aos Reds, em 2015

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook Liverpool

Uma proibição minimamente inusitada terminou no Liverpool. O técnico Jürgen Klopp decidiu acabar com a recomendação dos jogadores não tocarem no cartaz escrito “This is Anfield”, que há na saída do vestiário. As informações são do jornal AS.

Premier League de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Isso porque, a ideia do treinador era que os atletas só poderiam tocar o tradicional símbolo dos Reds quando conquistassem um caneco. Esse fato aconteceu na última temporada com a UEFA Champions League.

Nas redes sociais, Wijnaldum confirmou a proibição e também a liberação por parte de Klopp. “O chefe não nos deixou tocar o cartaz até ganharmos um troféu … agora é a hora”, escreveu o meia do Liverpool.

Entretanto, a superstição parece estar em alta no vestiário do Liverpool. Mesmo após a liberação, muitos jogadores decidiram não tocar no cartaz. A publicação afirma que somente Wijnaldum e Henderson tocaram.

Se deu sorte ou não, os Reds estrearam bem na Premier League. Em Anfield Road, o atual vice-campeão não tomou conhecimento do Norwich e venceu por 4×1. Os gols foram de Salah, Origi, Van Dijk e Hanley (contra).

O Liverpool entra em campo nesta quarta-feira (14). A equipe mede forças contra o Chelsea, em confronto inglês pela Supercopa da Europa, às 16h (de Brasília), em Istambul. O torneio coloca frente a frente o último campeão da Champions League contra o último campeão da Europa League.

LEIA MAIS
LIVERPOOL E MAIS: CONFIRA A LISTA ATUALIZADA DE CAMPEÕES INGLESES DESDE 1888

DE VITÓRIA DOS REDS AO TRIUNFO DO CITY: PREMIER LEAGUE TEM RODADA DE ESTREIA AGITADA