Vasco: Castan acredita que não será tarefa fácil superar o Goiás: “Não podemos perder a intensidade”

Após empatar contra o CSA, Vasco não tentará repetir os mesmos no Serra Dourada

Bruno Romão
22 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

O próximo compromisso do Cruzmaltino será diante do Goiás, no domingo (11), às 19 horas, fora de casa. Ainda não tendo vencido fora de casa, essa será a oportunidade perfeita para o tabu ser quebrado. Isso porque os pontos perdidos nos último jogo poderiam ser compensados. No entanto, o capitão da equipe, Leandro Castan, crê que o time terá que batalhar bastante pelo objetivo.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

”Tive a oportunidade de acompanhar os 90 minutos da partida que eles fizeram contra o Corinthians. É um time que possui qualidade, muito veloz lá na frente, então precisaremos ter bastante atenção e entrar muito ligados. Não será uma partida fácil, muito pelo contrário, acredito que o jogo será bastante difícil. Não podemos perder a intensidade. Essa tem sido nossa marca. Temos que jogar sempre em alta intensidade”, declarou ao site oficial do Vasco.

O camisa 5, um dos mais experiente dos grupo, falou sobre seu papel com os jogadores mais jovens do elenco.

”Eu tento passar tranquilidade, pois sei que esses moleques vão ajudar e são muito importantes para a nossa equipe. Falo isso sem transferir responsabilidade, sem dar um peso a mais do que se deve. Queremos dar tranquilidade para eles fazerem aquilo que sabem. São jogadores jovens e com um potencial enorme”, acrescentou, se referindo a Talles Magno e Marrony.

LEIA MAIS