MotoGP: Marc Márquez brilha na classificação e garante pole na Áustria

Espanhol da Honda foi quatro décimos mais rápido que Fabio Quartararo. Andrea Dovizioso completa o top-3

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: MotoGP

Marc Márquez conquistou neste sábado (10) a pole position para o Grande Prêmio da Áustria, 11ª etapa da temporada 2019 da MotoGP. O espanhol da Honda dominou a classificação realizada nesta manhã no Red Bull Ring, autódromo localizado em Spielberg, e na sua última tentativa de volta rápida anotou 1min23s027 para garantir a posição de honra pela sétima vez no ano e pela 59ª vez na carreira.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

A segunda posição ficou com Fabio Quartararo, piloto da SIC Yamaha que, com o cronômetro zerado, avançou para esta posição ficando 0s434 atrás do pentacampeão do mundo. A primeira fila no grid para a etapa austríaca da categoria rainha do Mundial de Motovelocidade ainda contará com Andrea Dovizioso, piloto da Ducati que terminou distante 0s488 da pole.

Maverick Viñales, piloto da Yamaha que chegou a aparecer na pole provisória, abrirá a segunda fila no Red Bull Ring, enquanto Francesco Bagnaia, que precisou passar pela fase inicial da definição das posições de largada, colocou a Ducati da Pramac na quinta colocação. A sexta posição ficou com o japonês Takaaki Nakagami, piloto de uma Honda da LCR.

Alex Rins, com uma Suzuki, ficou com a sétima colocação, enquanto Jack Miller, companheiro de equipe de Bagnaia na Pramac, ficou com a oitava posição. A terceira fila será completada por Cal Crutchlow, piloto da LCR. Valentino Rossi ficou apenas com a décima posição com a Yamaha, e dividirá a quarta fila com Pol Espargaró, da KTM, e Danilo Petrucci, que caiu da Ducati durante a classificação.

O Grande Prêmio da Áustria de MotoGP será disputado neste domingo (11), a partir das 9h, e contará com transmissão dos canais Sportv.

Confira como foi a classificação

Q1

A classificação no Red Bull Ring começou com os pilotos de motos KTM aparecendo forte, com Johann Zarco anotando 1min25s051, sendo seguido por Hafizh Syahrin, piloto da Tech3. Pouco depois, Miguel Oliveira tomou a liderança da atividade, sendo superado segundos depois por Francesco Bagnaia, que com a Ducati da Pramac anotou 1min24s261.

Após um breve período nos boxes, os pilotos retornaram à pista, e Franco Morbidelli colocou a Yamaha da SIC na segunda posição, enquanto Oliveira voltou a pontear a atividade, cravando 1min24s130. Com o cronômetro zerado, porém, o português acabou superado por Cal Crutchlow, que anotou 1min23s829, e por Bagnaia, que se colocou em segundo, classificando-se para a rodada final da classificação.

Q2

A parte final da classificação começou com Maverick Viñales colocando a Yamaha na primeira posição, cravando em sua primeira volta rápida 1min23s986, e melhorando esta marca logo na sequência. Pouco depois, foi a vez de Marc Márquez tomar a ponta da folha de tempos ao registrar 1min23s359 com a Honda, deixando o espanhol em segundo, enquanto Fabio Quartararo, da SIC/Yamaha, aparecia em terceiro.

Os pilotos foram aos boxes e retornaram para as voltas finais. Danilo Petrucci, porém, perdeu o controle da Ducati e caiu na curva quatro do circuito. Márquez, por sua vez, melhorou seu tempo para 1min23s027, garantindo a pole position, enquanto Quartararo avançou para a segunda posição, relegando Andrea Dovizioso, da Ducati, ao terceiro posto, e Viñales ao quarto lugar.