Matheus Henrique desconversa sobre possível Gre-Nal na final da Copa do Brasil e vislumbra seleção brasileira

O Grêmio deu um passo gigantesco rumo a mais uma final de Copa do Brasil, ao bater o Athletico Paranaense por 2 x 0 no jogo de ida da semifinal nesta quarta-feira (14). E Matheus Henrique foi mais uma vez destaque do tricolor

Andressa Fischer
Gaúcha, 21 anos. Vôlei | Futebol Gaúcho | Flamengo

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Matheus Henrique encheu os olhos da torcida do Grêmio nesta quarta (14) na vitória por 2 x 0 contra o Athletico Paranaense na partida de dia das semifinais da Copa do Brasil. O volante foi eleito o melhor em campo, e deixou o confronto com números dignos de jogador de seleção brasileira.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e se inscreva!

“Me entreguei do primeiro ao último minuto, e fui coroado com esse troféu (de melhor em campo), mas esse prêmio não é só pra mim. É pra minha família que tá sempre me apoiando, pra que eu possa entrar dentro de campo e dar o meu melhor”, comentou ao passar pela zona mista da Arena.

O camisa 14 do Imortal deixou o gramado da Arena na noite desta quarta (14) com números dignos de serem lembrados na convocação de Tite. Porém o treinador da seleção já adiantou que não deve chamar os jogadores que estão disputando as finais da Copa do Brasil.

Ao todo, foram 84 toques na bola durante os 90 minutos em campo contra o Furacão, sendo 63 passes certos, com um aproveitamento de mais de 90%.

Matheus Henrique fala de chances na seleção brasileira

“Eu procuro sempre dar o meu melhor, seja na técnica, ou na vontade. Acho que quando a gente alia essas coisas, têm grandes chances de fazer grandes partidas, e eu tenho só a agradecer a Deus. Se eu for pra seleção vai ser consequência do que eu fizer aqui no Grêmio. E se eu for vou ficar bastante feliz, vou trabalhar para isso”, declarou.

As partidas de volta acontecem no início de setembro. E pode dar Gre-Nal na grande decisão do torneio. Isso porque os dois rivais saíram na frente dos rivais – o Inter bateu o Cruzeiro por 1 x 0 e decide no Mineirão a vaga – e são favoritos para avançar à próxima fase.

E sobre a possibilidade de os dois arquirrivais se confrontarem na final, Matheusinho desconversou e pregou respeito aos demais adversários.

“A gente pensa em fazer o nosso papel, e se Deus quiser ir pra final. E quem vier do outro lado, a gente vai respeitar e se preparar bastante”, concluiu.

LEIA MAIS

Clássico na decisão? O que o Grêmio pensa de um Gre-Nal na final da Copa do Brasil