Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Não é só o Figueirense! Relembre casos de W.O. no futebol brasileiro

Figueirense não compareceu ao gramado da Arena Pantanal para a partida contra o Cuiabá pela Série B e perdeu o jogo por W.O.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Figueirense

O Figueirense protagonizou um caso de W.O. no futebol brasileiro. Na última terça-feira (20), o time catarinense não foi a campo para a partida contra o Cuiabá pela Série B do Brasileiro em protesto contra a crise financeira do clube e deve ser derrotado pelo ‘walkover’.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

O futebol brasileiro teve alguns casos deste tipo. Motivados ou por problemas financeiros ou até mesmo por motivos bizarros, o Torcedores.com irá relembrar alguns momentos em que times não compareceram a partida.

Grêmio Barueri (Série D, 2014)

A ascensão meteórica do clube foi tão avassaladora quanto sua queda. Em 2014, a equipe, já vivendo crise financeira, o time não entrou em campo em partida contra o Operário-MT por atrasos salariais. E perdeu a partida por W.O.

Mogi Mirim (Série C, 2017)

Outro time paulista cuja derrocada foi espetacular foi o Mogi Mirim. Briga no comando do clube e problemas financeiros fizeram o Sapão da Mogiana ser rebaixado para a Série D naquele ano. Naquela temporada, em protesto contra tal situação, não compareceram à partida contra o Ypiranga-RS. E a derrota foi creditada no regulamentar 3 a 0.

Rio Claro (Paulista Série A-2, 2018)

Nas divisões inferiores do futebol paulista, é um pouco comum partidas não serem realizadas por estádios interditados. Um dos casos mais notórios foi o do Rio Claro, que não conseguiu liberar seu estádio (Augusto Schmidt Filho) para a partida contra o Juventus na Série A-2 de 2018 e perdeu por W.O.

Campeonato Carioca de 1998

O Vasco foi campeão carioca de um torneio com muita polêmicas. Vendo favorecimento ao Gigante da Colina na formação da tabela (o time disputava a Libertadores e teve jogos antecipados ou adiados por conta disto), seus rivais se revoltaram contra a Ferj. Especialmente protagonizando W.O. em clássicos. Botafogo e Flamengo não compareceram a jogos que fariam contra os vascaínos e até houve um famoso Fla-Flu do W.O. duplo, em que nenhum dos times foram a campo para jogar.

Atlético-MG x Chapecoense (Brasileirão-2016)

A tragédia com o avião da Chapecoense, em novembro daquele ano, forçou a rodada final do Brasileiro a ser adiada, apesar dos pedidos para que os jogos fossem cancelados (o Palmeiras já havia sido campeão). Todos os jogos acabaram acontecendo, menos um: Chapecoense x Atlético-MG. Nenhum dos times quis jogar a partida pelas condições adversas acontecidas à Chape e o W.O., duplo aconteceu

Final do Campeonato Baiano de 1999

O título do Bahia foi conquistado não sem uma decisão polêmica, justamente por não ter acontecido. O Tricolor faria a final com o Vitória, mas o Ba-Vi jamais aconteceria. O motivo: o Vitória foi ao Barradão, alegando que a partida decisiva seria no estádio. E o Bahia entrou em campo na Fonte Nova. A Justiça entrou em campo e decidiu a favor dos tricolores.

LEIA MAIS

Contratação de Oswaldo revolta torcida do Fluminense no Twitter: “Só pode ser brincadeira”

Filho de Edmundo com modelo chora e desabafa ao falar sobre o ausente pai: “Uma pessoa estranha”

(Crédito da foto: Divulgação)

As melhores notícias de esportes, direto para você