Paraná marca golaço transformando batas de hospital infantil em camisas do clube; confira

Não é só futebol! O Paraná levou essa frase a sério e resolveu mudar o ambiente frio de um hospital infantil, levando a emoção e amor que só o esporte pode proporcionar

Tathiane Marques
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/YouTube

Pequenos gestos podem mudar a vida de qualquer um, ainda mais quando a pessoa se encontra em um ambiente tão impessoal, onde um gesto de carinho que por menor que seja faz toda a diferença. E foi pensando nisso que a Torcida Fúria Independente (TFI) em parceria com o Paraná Clube, resolveram transformar as batas de um hospital infantil em camisas estilizadas do time.

Os aventais ou mantos paranistas foram doados ao Hospital Erasto Gaetner (HEG), serão utilizados em procedimentos cirúrgicos, exames e durante a realização de tratamentos, com o intuito de que os pequenos se sintam encorajados e enfrentem o tratamento com garra como se fossem um jogador em campo. As camisas seguem com a marca própria do clube e quem a vestir ganhará o título de valente.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

A inspiração veio do projeto “Las Batas Más Fuertes” da revista espanhola Panenka. Criada na Europa, grandes clubes abraçaram a causa dentre eles Barcelona, Real Madrid e Atlético de Madrid que doaram camisas para a transformação em batas hospitalares destinadas a crianças em tratamentos. Tal iniciativa na concepção dos criadores tornariam os pequenos mais fortes com o manto de seus ídolos.

A ação ganhou grande visibilidade após o seu vídeo de lançamento realizado no Hospital de San Rafael, em Madrid. Tanto que vários clubes, associações, hospitais e pessoas da Espanha e de outros países como México, Chile, Argentina, Estados Unidos, Senegal, Benin, Itália, Portugal e França se prontificaram a ajudar. Segundo a própria campanha da revista Panenka, acredita no diferencial que a camisa traz aos pacientes.

“Todos os dias, meninos e meninas hospitalizados jogam uma partida muito difícil. Mas se põem a camisa de seu time no lugar da tradicional bata, seus estados de ânimo podem melhorar, fazendo com que se sintam mais fortes”.

Siga o Torcedores também no Instagram

O Paraná Clube doou 26 camisas e as costureiras do próprio hospital transformaram em batas para crianças e jovens que usarão a peça na realização de exames de imagem, nas idas ao centro cirúrgico e para radioterapia. O responsável pelo marketing da TFI e um dos incentivadores da ação ficou impressionado com a mudança imediata gerada nos pequenos.

“Mexeu bastante com a gente. Dois pacientes que estavam na área de recreação infantil vestiram as batas e vimos um sorriso no rosto de quem precisa de momentos de alegria e incentivo”.

A chefe do serviço de pediatria do HEG, a Dra. Maria Albonei Pianovski, ressaltou os efeitos que a novidade pode gerar nos pacientes.

“Considero muito importante poder desviar o foco de estresse perante procedimentos ainda não conhecidos pela criança. Envolver o procedimento no aspecto lúdico e na fantasia torna mais fácil enfrentar o tratamento”.

A supervisora do serviço de psicologia clínica do hospital, Iolanda de Assis Galvão, aplaudiu a ação do Paraná e complementou que seria interessante que outros clubes também se disponibilizassem a participar.

“Estar vestido com a camisa de seu atleta ou seu time preferido, em vez dos tradicionais aventais que representam a cirurgia, poderá trazer uma experiência de menor estresse. Seria importante que outros times pudessem aderir e contemplar os nossos torcedores mirins”.

Leandro Arruda, representante da Torcida Fúria Independente, revelou que outros clubes da capital paranaense foram procurados  e convidados, porém não foi demonstrado interesse por parte dos mesmos em participar.

“A ação não é sobre que time torcer. É algo que vai além. Achamos importante que outros clubes do Brasil possam seguir com a ideia e propagar a ação que traz alegria.Seria sensacional se todos abraçassem a causa”, finalizou.

CONFIRA A ENTREGA DO UNIFORME DOS ‘VALENTES’:

LEIA MAIS:

“Jogando contra o câncer” reunirá jogadores e celebridades em prol da prevenção e combate da doença