Paulo Nunes aposta em crescimento do Palmeiras com Luiz Adriano e critica Deyverson: “queda brutal”

Comentarista do Sportv e ídolo do Verdão rasgou elogios ao atacante

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Agência Palmeiras

Novo reforço do Palmeiras, Luiz Adriano agradou em sua partida de estreia e ganhou elogios em programas esportivos.

O mais novo comentarista a elogiar o jogador foi Paulo Nunes, ídolo do Palmeiras e multicampeão pelo clube. Durante participação no programa Seleção Sportv, o ex-atacante disse que espera evolução do time com o camisa 10.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“O Palmeiras vai entrar numa crescente com a contratação do Luiz Adriano. Mas o time tem muita dificuldade pra criar, depende muito do Dudu. Você não tem aquele camisa dez que desenvolve. Num time de futebol, esse jogador é muito importante.”

O antigo titular acabou criticado em detrimento aos elogios a Luiz Adriano. Deyverson teve queda brusca e de dono da posição se tornou terceiro reserva do Palmeiras.

“Antes da pausa, o Deyverson estava num momento bom, de evolução. Não dava tantos problemas para o clube e estava fazendo gols. Poucos, mas fazia”, disse Paulo Nunes.

“Após a Copa América, teve uma caída brutal na parte técnica. Consequentemente, tem que ir atrás, de novo, do Borja, que vinha desacreditado, esquecido pela torcida, tentando negociá-lo. Isso dificulta e atrapalha bastante.”

Leia mais:
Base forte! Palmeiras sub-15 aplica goleada em estreia de torneio na Coreia

Reforço da Juventus, Danilo revela inspiração em Daniel Alves e relembra duelo na final da Champions

Revelação do Atlético-MG saiu de casa aos 10 anos e emocionou mãe com primeiro salário; conheça Alerrandro

Palmeiras desde criança e lembranças: Pai de Raphael Veiga emociona jogador ao revelar história com o avô

Galvão Bueno compara expulsão de Felipe Melo a golpe de MMA e demonstra surpresa por falta de preocupação com desmaio

Galvão Bueno critica Rogério Ceni e diz que técnico abandonou trabalho por “grife” do Cruzeiro