Ponte Preta contrata zagueiro de 18 anos ex-Goiás e pretendido pelo Porto

O jovem “gigante” Jackson, de 18 anos e 1m98, estava no Goiás e acertou sua transferência para a Macaca até 2021

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/ AA Ponte Preta

A Ponte Preta acertou a contratação do zagueiro Jackson, de 18 anos, criado nas categorias de base do Goiás. O jogador assinou um vínculo de duas temporadas com o time de Campinas, que adquiriu 70% de seus direitos econômicos.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Natural de São Paulo, o jovem defensor de 1m98 de altura foi contratado para reforçar a equipe sub-20 da Macaca. Porém, após se destacar nos primeiros treinamentos, logo chamou a atenção do técnico Jorginho, que integrou o atleta ao elenco profissional, onde já trabalha frequentemente.

Segundo Alexandre Souza, empresário do jogador, nessa última janela de transferências, Jackson tinha propostas do Porto, de Portugal, e de mais dois clubes dos Emirados Árabes, o Sharjah FC e o Al Dhafra, mas decidiu permanecer no futebol brasileiro por entender que este não seria o momento ideal de jogar no exterior.

“É claro que todo jogador sonha um dia em atuar na Europa ou até mesmo no Oriente Médio, pela questão financeira, e eu não sou diferente. Mas penso que ficar no Brasil agora será importante para meu amadurecimento profissional, tanto dentro como fora de campo. Espero conquistar meu espaço aqui na Ponte Preta antes de trilhar outros rumos na carreira”, explicou o zagueiro.

Depois de vencer em casa o dérbi campineiro diante do Guarani por 1 x 0, a Ponte Preta enfrenta o Figueirense nesta quinta (15), às 21h30, no estádio Orlando Scarpelli, pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Se conseguir mais uma vitória, a Macaca chegará à quarta colocação com 26 pontos.

LEIA MAIS

Matador! Ibra marca dois gols e comanda vitória do LA Galaxy sobre o FC Dallas na MLS

Batatais é suspenso pelo TJD-SP e será punido por W.O nas duas últimas rodadas da Copa Paulista

Ídolo do Santos, Pepe diz quem foi o maior craque brasileiro depois de Pelé