Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Por que o Pacaembu não pode receber jogos noturnos no Brasileirão?

Desde o início do segundo semestre, o Pacaembu ainda não recebeu nenhum jogo da elite da competição nacional

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Um dos estádios mais tradicionais da cidade de São Paulo, o Pacaembu está inapto para receber jogos noturnos do Brasileirão, já que não atende os padrões do Programa de Licenciamento da entidade, que exige 800 lux (medida de iluminação). O local tem apenas 600 lux. A partir de 2020, o nível mínimo exigido de iluminação será de 1.600 lux e no ano seguinte de 2.500 lux.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

O programa foi lançado pela CBF em 2017 e os clubes tiveram dois anos para adequarem seus estádios. No entanto, o Pacaembu, pertencente ao município de São Paulo, não teve reformado o sistema de iluminação, pois está próximo de ser concedido à iniciativa privada. A prefeitura já avisou que não investirá os cerca de R$ 1 milhão.

O Consócio Patrimônio SP arrematou a concessão, porém, ainda não assinou contrato, que deveria ter sido firmado no dia 2 de julho. Contudo, a prefeitura acatou pedido do vencedor e ampliou o prazo da assinatura para o próximo dia 30 de agosto. A demora se deve porque o terreno do complexo é 10 mil metros quadrados menor do que diz a administração municipal.

A CBF chegou a ampliar o prazo para a adequação e liberou os estádios nas primeiras nove rodadas do Brasileirão, antes da pausa para a disputa da Copa América. No período, o Pacaembu recebeu três jogos, dois às 16h (Santos x Vasco e São Paulo x Cruzeiro) e um às 19h (o clássico entre Palmeiras x Santos).

Até a 20ª rodada, não há nenhum jogo agendado para o Paulo Machado de Carvalho.

Importante lembrar que nas demais competições (Paulistão, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Libertadores), os estádios com menos de 800 lux estão liberados.

Em 2019, o Pacaembu recebeu jogos das três primeiras competições e no próximo dia 27 de agosto vai receber o duelo decisivo entre Palmeiras x Grêmio, pelas quartas de final da Libertadores.

De acordo com o UOL Esporte, a Conmebol liberou os estádios que não cumpriram os pré-requisitos de iluminação impostos pela CBF, mas cobra uma taxa para os times que utilizarem os palcos como mandante nas competições em que a entidade organiza.

VEJA TAMBÉM:

Palmeiras: Torcedores festejam alteração do jogo da Libertadores para o Pacaembu: “Obrigado Sandy e Junior”