Rogério Ceni fala sobre quase ida ao Atlético-MG: “Nunca houve proposta”

O agora técnico do Cruzeiro quase foi para o rival da Raposa. E Ceni contou a história do interesse do Galo,

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo pareciod.

Crédito: Dudu Oliveira / Fortaleza EC

Rogério Ceni foi apresentado nesta terça-feira (13) como novo treinador do Cruzeiro. Mas o técnico teve também que falar sobre um episódio no qual quase foi parar no maior rival da Raposa, o Atlético-MG.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

O treinador chegou a ser sondado pelo Galo devido a seu sucesso com o Fortaleza, mas preferiu seguir o Tricolor do Pici. Ceni explicou em sua apresentação o porquê de, agora, ter escolhido vir para a Raposa.

“Nunca tive uma proposta do Atlético. O Rui Costa me ligou uma vez e a situação era completamente distinta. Estava em meio às finais do Cearense e semifinal da Copa do Nordeste. Jamais deixaria a oportunidade de ser campeão. Não há preço para títulos, jamais deixaria essa oportunidade passar e sair num momento como aquele”, disse Rogério.

A justificativa de ‘momento diferente’ foi reiterada por Rogério Ceni ao seguir justificando seus motivos para aceitar a proposta cruzeirenses e o ‘não’ a uma sondagem do Galo.

“São momentos completamente diferentes. Deixei o Fortaleza campeão do Nordeste, estadual e em boa posição no Brasileiro. Achei que era um momento para um grande desafio. Ficar no Fortaleza, acho que seria certo. Respeito quem acha que eu não deveria ter vindo. Mas vir para o Cruzeiro, se disser que não está certo vir, é algo fora da curva”, afirmou.

LEIA MAIS

Rogério Ceni elogia elenco do Cruzeiro: “É um time fora de série”

Brasileirão 2019: Três times lideram entre os mais ‘amarelados’; Veja top-5

(Crédito da foto: Dudu Oliveira / Fortaleza EC)