Scarpa valoriza artilharia do Palmeiras, nega brincadeira com Dudu e destaca: “não dá para acomodar”

Camisa 14 do Palmeiras marcou golaço da vitória sobre o Grêmio pela ida das quartas da Libertadores

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/TV Palmeiras

O meia Gustavo Scarpa é o artilheiro do Palmeiras na Copa Libertadores com seis gols marcados e detém ainda o posto de maior goleador do time no ano de 2019.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Fora de seu hábito, já que jamais foi um artilheiro, o jogador negou ter brincado com o companheiro Dudu, que vem logo na sequência e é o principal homem do setor ofensivo do elenco do Palmeiras.

Segundo Scarpa, os números são importantes para motivar, mas sem títulos não valem de nada no meio da temporada.

“O número assim no meio da temporada vai te motivamento, acaba não significando muito, já que não veio nenhum título ainda”, explicou Scarpa em coletiva concedida na Academia de Futebol.

“O ano ainda não terminou, estou preocupado mais em ajudar o Palmeiras a de alguma forma conquistar os títulos. Quando acabar aí você olha para trás e vê um número expressivo de participações em gols, e é gratificante.”

Artilheiro do Palmeiras em 2019 com dez gols, Scarpa deixou Dudu para trás após o golaço contra o Grêmio, na Arena, que deu a vantagem para a equipe no jogo da volta, na terça-feira, no Pacaembu.

“O Palmeiras tem um elenco muito qualificado, não dá para acomodar. Um ou dois jogos mal você perde espaço. Agora e procurar mais gols, dar mais assistências, chegar a mais vitórias. Mas não brinquei com o Dudu, não.”

Vale destacar que Scarpa chegou a ir para o banco de reservas após sofrer uma lesão no primeiro semestre. Felipão não devolveu o atleta ao time titular e o camisa 14 só voltou a jogar há alguns jogos.

Leia mais:
Defederico, Eguren, Reasco e mais: relembre 13 gringos que chegaram com pompa e se deram mal no Brasil