Série C 2019: saiba o que seu time precisa para ir à próxima fase

Alguns clubes dependem de resultados para a classificação à fase de mata-mata. Vencendo a primeira disputa nessa fase, o time garante a Série B 2020.

Anderson Lima
Colaborador do Torcedores

Crédito: Site Oficial / CBF

No Brasileirão Série C 2019, temos poucos participantes que estão garantidos na 2ª fase, a de mata-mata. Outros lutam para fugir do rebaixamento. E a maioria só saberá do seu futuro na última rodada da fase de grupos, no próximo fim de semana.

Quer ver a Série C de graça por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!!

Para quem ainda não conhece ou não lembra a sistemática da Série C, ela funciona assim: de dois grupos de 10 clubes, saem – após partidas de ida e volta – quatro de cada grupo. Esses oito disputam mata-mata rumo ao título brasileiro da Terceira Divisão. Quem passar pelas quartas de final consegue acesso à Série B 2020.

Garantidos

Atualmente, temos garantidos na próxima fase, apenas Sampaio Corrêa e Náutico. Ambos são do Grupo A, com 31 e 30 pontos, respectivamente. A “Bolívia”, se mantiver a 1ª posição, enfrenta o 4º colocado do Grupo B. Se o Timbu mantiver a vice-liderança, encara o 3º do B. O Juventude, como chegou ao número mágico de 28 pontos após o jogo contra o Volta Redonda na noite desta segunda (19), teve passaporte garantido à próxima fase com uma rodada de antecedência.

Quem tem chance e o que precisa

Grupo A

Faltam apenas duas vagas no Grupo A, dos nordestinos. Disputam os lugares Imperatriz, Confiança, Santa Cruz, Ferroviário e Botafogo da Paraíba. Os três primeiros estão com 25 pontos e os dois últimos, 24. Imperatriz, Confiança e Ferroviário têm 7 vitórias e o Tricolor do Arruda e o Belo de João Pessoa, 6 cada. Vamos às situações de cada time:

Imperatriz – disputa o clássico maranhense contra o Sampaio nesta última rodada. Tem de buscar a vitória para se garantir no G4. Caso empate no Castelão, tem de torcer para apenas um dentre Santa Cruz, Botafogo-PB, Confiança ou Ferroviário ganhe. Se dois ou mais desses vencerem, o Cavalo de Aço continua na Série C em 2020. Caso perca em São Luís, só uma combinação de resultados improvável o deixará no G4.

Confiança – vai a Fortaleza encarar um adversário direto, o Ferroviário. Como está atualmente em quarto, não pode pensar em perder. Caso empate, só passa se Santa Cruz não vencer o Náutico e o Botafogo-PB não vencer o Treze. Caso o Dragão vença, está garantido na próxima fase.

Santa Cruz – enfrenta o Clássico das Emoções nos Aflitos, casa do rival. Tem de vencer o Náutico e torcer para que ou o Imperatriz ou o Confiança não vença. Se esses dois vencerem, o Tricolor do Arruda está fora do mata-mata. Se empatar em Recife, só uma combinação de resultados improvável o garante no G4.

Ferroviário – encara em casa o inimigo direto, o Confiança. Vencer é a palavra de ordem no Ferrão, pois além dos três pontos, tem de torcer para que apenas um – dentre Santa Cruz e Imperatriz – vença. Caso o Santa vença o Náutico e o Imperatriz ganhe do Sampaio, nada adianta para o Tubarão da Barra.

Botafogo-PB – é o de situação mais complicada, enfrenta o rival paraibano Treze em Campina Grande. O adversário foge do rebaixamento. Se o Belo quiser sonhar com o mata-mata, tem de vencer e torcer para que dentre Santa Cruz, Imperatriz, Confiança e Ferroviário (esses dois últimos se enfrentam), haja apenas um vencedor. Se dois desses quatro times conseguirem os três pontos, um abraço e até a Série C 2020.

Grupo B

São cinco que disputam as quatro vagas: Paysandu, Remo, Ypiranga, Volta Redonda e São José.

Paysandu – a última rodada é Re-Pa e basta não perder para garantir sua vaga no mata-mata, independentemente dos resultados. Se perder, só fica de fora do G4 caso o Ypiranga vença e São José x Volta Redonda não termine em empate.

Remo – Só a vitória interessa ao Leão Azul. Se empatar, tem de torcer para que Ypiranga vença o Juventude e São José x Volta Redonda termine em empate. Se só um deles vencer, o Remo ainda passa ao mata-mata da Série C 2019.

Ypiranga – A vitória garante os gaúchos na próxima fase. Se empatar contra o Juventude, depende de uma combinação de resultados. Nesse caso, o Canarinho de Erechim tem que torcer para uma das três situações:
1) Re-Pa e São José x Volta Redonda devem terminar em empates; ou
2) Paysandu vença; ou
3) Remo vença e São José x Volta Redonda termine em empate.

Volta Redonda – Atualmente em quinto. Não pode perder na última rodada para conseguir entrar no mata-mata da Série C 2019. Vencendo, garante a vaga. Se empatar com o São José, tem de torcer para o Juventude vencer o Ypiranga ou Paysandu ganhar o Re-Pa. Acontecendo um dos dois com o empate do Voltaço, ele fica no G4.

São José – É o sexto, o de situação mais complicada. Seu último jogo na fase de grupos é em casa contra o Volta Redonda. Só ganhando a partida, o Zeca garante a classificação ao G4.

Sem chance de ir para a próxima fase

Quem não pode ir à próxima fase são os já rebaixados do Grupo B (Luverdense e Atlético Acreano) e o ABC, lanterna no Grupo A e já rebaixado.

Quem também está fora da disputa do G4 são o Treze e o Globo, que lutam para não pegar a última vaga do descenso para a Série D 2020.

Também estão fora do páreo Tombense e Boa Esporte, que estão num “limbo” do Grupo B e estão certos da participação na Série C ano que vem.

LEIA MAIS:
Você sabe por que o Brasileirão Série C é dividido em dois grupos?
Novos integrantes da Série C 2020: alguns já estão definidos; confira
Náutico x Santa Cruz: veja o histórico do jogo da última rodada da Série C