Vitor Hugo se declara ao Palmeiras após reestreia: “esse clube fez muito por mim”

Zagueiro retornou ao Verdão após três temporadas no futebol europeu

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O Palmeiras ficou no empate com o Bahia em partida que marcou a reestreia de Vitor Hugo. O zagueiro aceitou voltar ao Brasil para defender o clube após passagem pela Fiorentina, da Itália, e não escondeu a felicidade em jogar mais uma vez no Allianz Parque.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

“Felicidade muito grande. Muito feliz em poder representar de novo essa torcida e esse clube que fez tanta coisa por mim e na minha vida. Muito feliz. Queria ter feito um pouco melhor, queria que saíssemos com a vitória em um dia tão especial como esse, dia dos pais”, disse Vitor Hugo, que preferiu não se estender sobre as polêmicas com o VAR, que tomaram conta da partida.

“Infelizmente não aconteceu por várias questões que vão ser discutidas depois, mas estou feliz pela minha volta.”

O jogo
O Palmeiras abriu o placar no início da partida após Dudu aproveitar rebote de Douglas e empurrar para o fundo das redes do Bahia. Porém, nos acréscimos do primeiro tempo, Felipe Melo acertou uma cotovelada em Lucca e acabou expulso de campo.

No segundo tempo, o Bahia pressionou e chegou ao empate após Diogo Barbosa colocar a mão na bola dentro da área. Gilberto bateu o pênalti e converteu.

Poucos minutos depois, após bola alçada na área por arremesso lateral de Marcos Rocha, Dudu ficou livre e marcou após duas tentativas: 2 a 1.

Porém, o fatídico lance do segundo pênalti veio tempo depois. Após cruzamento da esquerda, Arthur Caíque furou, Luan tentou cortar, mas acertou o atacante do Bahia. O árbitro mandou o lance seguir, mas o VAR solicitou a checagem e o pênalti foi marcado. Gilberto voltou a converter a cobrança: 2 a 2.

Leia mais:
Luiz Adriano aprova estreia pelo Palmeiras e valoriza disputa por posição