Após 30 anos, Náutico volta a estar em uma final de campeonato nacional

Muitos torcedores do Náutico não eram nem nascidos na última vez que o clube esteve perto de levantar um troféu nacional

Bruno Romão
23 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Léo Lemos/Comunicação CNC

Depois de superar vários adversários, o Timbu chegou a final da Série C. Neste domingo (29), às 16h, nos Aflitos, a equipe pernambucana inicia a decisão pelo título contra o Sampaio Corrêa, em final que terá 180 minutos. A última vez que o clube esteve envolvido em uma luta por um troféu que abrangesse todo o território brasileiro foi em 1989.

Apesar disso, o jogo diante da Inter de Limeira foi válido pela final da Série B do ano anterior. Após se classificar em primeiro na fase de grupos do torneio, que continha tinha Treze/PB, Catuense/BA, Fluminense/BA, Ceará e Central, o Náutico foi para um quadrangular final. Também estavam nesta fase Americano/RJ,  Inter de Limeira e Ponte Preta.

Quer ver a Série C de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!!

Como o Timbu e a Inter de Limeira tiveram melhor campanha, decidiram a Série B em fevereiro de 89, com os paulistas levando a melhor por 2 a 1. Este foi o segundo vice do Náutico em campeonatos nacionais, já que em 1967 o time havia perdido a decisão da Taça Brasil para o Palmeiras.

Agora, os comandados de Gilmar Dal Pozzo buscam escrever uma história diferente nas duas partidas contra o Sampaio Corrêa e fazer o time celebrar a primeira conquista nacional de sua história.

Para alcançar o sonho, uma vitória dentro de seus domínios será imprescindível. No mesmo palco, esta temporada, classificações históricas contra Paysandu e Juventude já aconteceram. Dessa forma, as arquibancadas devem empurrar novamente o Náutico neste domingo.

LEIA MAIS