Antonio Brown é acusado de assédio sexual

O Wide Receiver dos Patriots está sendo acusado de três casos de assédio sexual. Um em 2017 e dois em 2018, de acordo com o New York Times.

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Perfil oficial @ab

O Antonio Brown, Wide está sendo acusado de estupro, de acordo com um processo federal. A acusação foi apresentada nesta terça-feira, no Distrito Sul da Flórida.

O processo diz que Brown, em três incidentes separados – dois em junho de 2017 e outro em maio de 2018 – agrediu sexualmente uma mulher chamada Britney Taylor. Britney é uma ginasta que Brown supostamente conheceu enquanto estavam em Michigan, e que mais tarde o contratou como treinador.

De acordo com o processo, Brown agrediu sexualmente Taylor duas vezes durante as sessões de treinamento, em junho de 2017. Primeiro, ele teria se despido e a beijou sem sua permissão, como diz no processo. Mais tarde, naquele mesmo mês, segundo o processo, enquanto ela assistia a um programa de televisão em sua casa, Brown agrediu novamente a vítima. O atleta se gabou do incidente em mensagens de texto vulgares, que estão copiadas no processo.

Taylor demitiu Antonio Brown vários meses depois, quando ele entrou em contato com a vítima para pedir desculpas, e que ela aceitou, como diz o processo. De acordo com o jornal norte-americano, que teve acesso ao processo, a vítima foi “influenciada por sua garantia de que ele cessaria novas práticas de abuso”.

Então, de acordo com documentos, em 20 de maio de 2018, Brown abusou da vítima. Forçou-a se deitar, empurrou o rosto no colchão e a violou “à força”. Ela tentou resistir a ele, gritando e repetidamente gritando “não” e “pare”, diz o processo, mas Brown teria recusado os apelos.

“Como vítima de estupro de Antonio Brown, decidir se manifestar foi uma decisão incrivelmente difícil”, disse Taylor em comunicado divulgado por seu advogado, ao New York Times. “Encontrei força em minha fé, minha família e nos relatos de outros sobreviventes de agressão sexual.”, completou.

No comunicado, Taylor disse que iria cooperar com a NFL na investigação.

Próximos Passos

Antonio Brown, chegou esta semana aos Patriots após uma grande polêmica com seus antigos times (Steelers e Oakland Raiders). O atleta está no elenco disponível da equipe para jogar contra o Miami Dolphins, na semana 2.

Caso seja acusado no processo, o atleta pode ser suspenso da NFL, de acordo com as demais punições e medidas que a liga vem tomando nesses casos.

LEIA MAIS:

FANTASY DA NFL: EM QUEM APOSTAR NA SEMANA 2?

APROVADA LEI QUE PERMITE ATLETAS UNIVERSITÁRIOS SEREM PAGOS