Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Atlético-MG vence Colón no tempo normal, mas é eliminado da Sul-Americana nos pênaltis

O Atlético-MG venceu o Colón por 2×1 no Mineirão, mas nas penalidades perdeu por 4×3, e está fora da Copa Sul-Americana

Diego Lucio Castro de Oliveira
Torcedor do Corinthians, amante de MMA e Pro-Wrestling, profissional de TI e futuro jornalista

Crédito: Twitter Oficial - Atlético-MG

O JOGO

O Atlético-MG fez seu papel de mandante. Por estar em desvantagem no duelo, o Galo foi pra cima e conseguiu abrir o placar ainda no primeiro tempo com Di Santo. Na segunda etapa, Chará ampliou logo no início. Mas o Atlético-MG diminuiu o ritmo e foi recuando aos poucos. O Colón se aproveitou disso, e conseguiu descontar. Com o placar de 2×1, a partida foi para os pênaltis. Nas penalidades, deu o time argentino. O Colón enfrenta o Independiente Del Valle na Copa Sul-Americana de 2019.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

1º TEMPO

Como era esperado, o Galo começou pressionando o Colón. Aos cinco minutos, duas chances claras para a equipe da casa. Réver de cabeça e Patric, quase abriram o placar. Neste início, a equipe argentina mal conseguia passar do meio de campo, tamanha a pressão do Atlético-MG. Cazares era um dos destaques da equipe. Aos 18, arriscou de fora e trouxe perigo ao gol argentino. Era pressão total do Galo.

O ritmo diminuiu, e essa queda teve dois motivos. A equipe do Atlético-MG cansou e o jogo ficou mais faltoso. O juiz gostava de parar a partida por qualquer razão. Chance real, só aos 37, quando Chará perdeu praticamente sem goleiro, após mais uma jogada de Patric. Mas a recompensa veio aos 38. Cazares levantou a bola na área e a sobra ficou com Di Santo, que não perdoou. Atlético-MG 1×0 Colón.

Aos 42 minutos, foi a vez de Elias dar trabalho para o goleiro Burián em chute de fora. Quase o segundo do Galo. Mas o primeiro tempo ficou nisso.

2º TEMPO

O Atlético-MG voltou com uma alteração. Jair sentiu uma lesão, e deu lugar a José Welison. E a primeira corrida do atleta, foi pra comemorar. Logo aos quatro minutos, Cazares mais uma vez puxou contra ataque e acionou Chará, que bateu cruzado, sem chance para Burián. Atlético-MG 2×0 Colón.

A partir daí, o Colón resolveu sair para o jogo, mas suas tentativas eram apenas em jogadas pelo alto. Em boa parte delas, a defesa do Atlético-MG se deu melhor. A grande chance foi aos 30 minutos, quando Esparza cruzou para Pulguita Rodriguez que quase fez de letra, dando um susto no goleiro Cleiton.

O Galo foi recuando e dando mais espaço para a equipe argentina. Até que aos 33 minutos, Ze Welison derrubou Morela na área. Pênalti para o Colón. Depois de discussão e revisão do VAR, apenas aos 36, Pulga Rodríguez deslocou Cleiton e fez o gol. Atlético-MG 2×1 Colón.

A resposta do técnico Rodrigo Santana foi imediata. O treinador colocou Geuvânio no lugar de Elias em busca de uma cartada final. O ponta ainda tentou arriscar aos 47 minutos. O camisa 22 aproveitou ‘chutão’ de Rever mas pegou mascado na bola. E o tempo normal terminou assim. Vamos para os pênaltis!

Nas penalidades, Cleiton já pegou a primeira, enquanto Fábio Santos converteu a batida inicial. 1×0 pro Atlético-MG. Ambas as equipes acertaram a segunda e terceira cobrança. 3×2 pro Galo. Na quarta penalidade, a equipe do Colón converteu, enquanto Réver perdeu. 3×3. Luis Rodríguez fechou a série dos argentinos fazendo o gol, mas Cazares perdeu a última cobrança do Atlético-MG. Colón na final da Copa Sul-Americana, e Galo fora da decisão.

LEIA MAIS
João Pedro é parabenizado por futuro clube no Twitter e torcedores do Fluminense brincam na postagem

As melhores notícias de esportes, direto para você