Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Brasil x Chile: saiba como assistir ao jogo da seleção olímpica AO VIVO

As seleções Sub-23 de Brasil e Chile se enfrentam em amistoso

Cleverton Silva
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Cleverton Silva/Arte/Torcedores

A seleção brasileira sub-23 estará cara a cara com os chilenos nesta segunda (9), em amistoso no estádio do Pacaembu, na cidade de São Paulo. A bola rola às 20h00, horário de Brasília.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
A última partida da seleção brasileira sub-23 foi na semana passada, diante da Colômbia. Os jovens brasileiros venceram os colombianos por 2×0, também no Pacaembu.

Os amistosos servem de preparação para o Torneio Pré-olímpico, que ocorrerá em janeiro, na Colômbia.

O técnico da seleção sub-23 do Brasil, André Jardine, deverá utilizar a mesma escalação do último jogo diante da Colômbia. Porém, deverá utilizar as seis alterações que tem direito ao longo do jogo, para testar as opções do selecionável.

O Brasil tem vários destaques, como o goleiro Clayton (Atlético-MG), Guilherme Arana (Atalanta), Pedrinho (Corinthians), Matheus Cunha (RB Leipzig) e Paulinho (Bayer Leverkusen).

Onde acompanhar o amistoso sub-23 entre Brasil x Chile?

Você poderá assistir Brasil x Chile, amistoso entre os selecionáveis sub-23 dos países sul-americanos, ao vivo pelo canal por assinatura SporTV. A narração ficará a cargo de Milton Leite, com comentários de Maurício Noriega e Ricardinho.

FICHA TÉCNICA

Brasil x Chile – Amistoso Internacional Sub-23

Local: Estádio do Pacaembu – São Paulo (SP)

Data: 09 de Agosto de 2019

Horário: 20h00 de Brasília

Árbitro: Guillermo Guerrero (EQU)

Assistentes: Juan Macias (EQU) e Ricardo Barén (EQU)

ESCALAÇÃO PROVÁVEL

BRASIL: Cleiton; Emerson, Lyanco, Ibañez e Arana; Douglas Luiz, Wendel e Pedrinho; Antony, Matheus Cunha e Paulinho. Técnico: André Jardine.

CHILE: Ureta; Rebolledo, Nicolás Díaz, Nicolás Ramírez e Ibacache; Camilo Moya, Gabriel Suazo e Carlos Lobos; Iván Morales, Franco Lobos e Nicolás Guerra. Técnico: Bernardo Redín.

LEIA MAIS