Brasileiras se destacam no ISA World Surfing Games, no Japão

O Brasil passou pela maratona de 70 baterias femininas deste domingo no ISA World Surfing Games, o mundial promovido pela International Surfing Association que acontece em Miyazaki, no Japão.

Aline Taveira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Tainá Hinckel (ISA/Jimenez)

Em ondas de meio metro em Kisakihama Beach, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima passaram por três fases com vitórias, e estão classificadas para o round 4 da chave principal. Tainá Hinckel venceu uma bateria, mas na sequência caiu para a repescagem.

A melhor surfista do dia foi Tatiana Weston-Webb. A brasileira chegou perto da nota máxima com 9.33 pontos, conquistados na terceira bateria que disputou e venceu neste domingo. Assim como Tatiana, Silvana estreou na prova neste domingo e também passou bem por suas adversárias.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

“Estou muito animada! Eu já competi antes pelo Hawaii, mas agora estou competindo pelo Brasil e é muito bom ter esse suporte. O surf do nosso time é de outro nível e estar perto deles é incrível. Eu sempre represento meu país, mas aqui eu carrego mesmo a bandeira e isso me deixa mais animada, não pressionada”, disse Tatiana logo após a primeira bateria

Tainá, que já tinha uma vitória no round 1, numa bateria realizada no sábado, passou em primeiro também pela segunda fase, porém no round 3 principal ficou em terceiro num duelo vencido pela sul-africana Bianca Buitendag (10.53), com a surfista da Costa Rica Brisa Hennessy em segundo (8.97). A brasileira fez os mesmos 8.37 da peruana Daniella Rosas, mas cou na terceira posição por ter feito a maior nota entre as duas. Tainá está escalada para a repescagem quatro, e em seu duelo já tem a japonesa Sara Wakita.

Tops na repescagem

O dia também marcou a estreia de tops da elite do surfe. A heptacampeã Stephanie Gilmore, da Austrália, segue firme na chave principal, assim como a norte-americana Caroline Marks, que, assim como no primeiro dia do evento, fez bonito com a maior média do domingo: 17.16 pontos.

A havaiana tricampeã mundial Carissa Moore também começou bem, com as notas 8.83 e 8.23 que deram a ela a segunda maior média do domingo (17.06), porém na segunda fase, na bateria de Tatiana, a surfista caiu para repescagem. Outras tops que também saíram da chave principal foram a australiana Sally Fitzgibbons, a norte-americana Courtney Conlogue e a francesa Johanne Defay.

Próxima chamada

A próxima chamada para o ISA World Surfing Games do Japão acontece neste domingo, às 19:30 no horário de Brasília. Mas uma vez apenas as mulheres irão competir.

Leia mais: Jadson André garante sua vaga no circuito mundial de 2020

Jovens brasileiros dão um show de surfe no Oi Pro Junior Series

Miguel Pupo vence o Galicia Classic Surf Pro, em Pantin