Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Bundesliga fecha acordo de transmissão com ESPN+ por 6 anos

A parceria, nos Estados Unidos, também transmitirá partidas em outros canais da rede ESPN

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

A Bundesliga, campeonato do futebol alemão, confirmou uma parceria de direitos transmissão de longo prazo nos EUA. O acordo foi firmado com a gigante da mídia esportiva e propriedade da Disney, ESPN.

A partir da temporada 2020/21, o contrato permitirá que a plataforma de streaming ESPN + tenha cobertura exclusiva.  Replays ao vivo e sob demanda de mais de 300 jogos, a cada temporada da primeira divisão do futebol alemão.

Os termos financeiros e a duração do contrato não foram divulgados oficialmente. Mas a SportsPro entende que é um contrato de seis anos, avaliado quatro vezes mais do que o anterior, com Fox Sports.

O acordo aprimorado com a ESPN deve ajudar a aumentar significativamente os 220 milhões de euros anuais (US $ 240 milhões). Valor que a Bundesliga recebe atualmente por seus direitos de mídia no exterior.

Os termos do acordo também exigem partidas da Bundesliga nas redes de televisão lineares da ESPN. Enquanto os destaques também serão disponibilizados nos programas, aplicativos e sites da ESPN.

Início com a ESPN

O acordo, que foi relatado pela primeira vez em agosto pelo New York Post, também inclui a cobertura da Superliga da DFL. Esta abre a temporada. O acordo encerra a parceria de transmissão da Bundesliga com a Fox. Que é a sede nos EUA da liga de futebol alemã, desde 2015. A Fox manteve conversas com a Bundesliga sobre a prorrogação do contrato, mas que seu interesse não era igual ao da ESPN.

“Ficou claro desde o início que a ESPN e a ESPN + compartilhavam nossa visão ambiciosa”, disse o executivo-chefe da Bundesliga Internacional, Robert Klein. “Como inovadores na indústria do esporte, somos motivados a fornecer conteúdo altamente atraente para os fãs”, completou.

“Eles nos ajudarão a construir as fortes conexões que a Bundesliga tem com os Estados Unidos. Tendo recebido mais jogadores americanos do que qualquer outra liga européia. A Alemanha continuará sendo uma fonte importante de talento para as futuras equipes nacionais dos EUA. E, com a ESPN, estamos incrivelmente empolgados em levar os fãs em sua jornada, antes da Copa do Mundo em 2026”.

A Bundesliga

O Campeonato é a mais recente adição de futebol ao serviço ESPN + over-the-top (OTT). Este tem o esporte sendo um pilar da plataforma, ao lado de esportes universitários e MMA. A primeira divisão do futebol alemão se junta a um portfólio que já inclui a Serie A da Itália, a Eredivisie de futebol holandesa, a competição eliminatória da Inglaterra na Copa da Inglaterra. Além dos jogos da Major League Soccer (MLS).

Russell Wolf, vice-presidente executivo e gerente geral da ESPN +, também comentou. “A adição da Bundesliga cimenta ainda o ESPN + como um item obrigatório para qualquer fã de futebol”.

O crescimento da ESPN +

Foi anunciado em fevereiro que a ESPN + havia acumulado 2 milhões de assinantes. Enquanto a Disney disse aos investidores, em abril, que a plataforma poderia atrair entre oito milhões e 12 milhões de assinantes. Isso apenas até o final do exercício financeiro de 2024.

Burke Magnus, vice-presidente executivo de programação da ESPN, acrescentou: “Estamos empolgados em chegar a esse tipo de acordo. Levamos uma das ligas de futebol mais emocionantes do mundo ao serviço esportivo mais inovador dos EUA. Assim como a ESPN, a Bundesliga adotou a tecnologia, colocando os fãs no centro de tudo o que fazem, fornecendo consistentemente conteúdo de classe mundial”.

LEIA MAIS

Geoff Cameron, dos Rangers, vem recebendo ameaças por declarações pró-Trump

Análise: Rodrygo está no caminho de um futuro brilhante pelo Real Madrid; entenda