Cairo Santos é dispensado pelos Bucs, mas mostra otimismo para o futuro: ‘Tenho confiança que vai acontecer’

O kicker brasileiro foi cortado da lista final de 53 jogadores do Tampa Bay Buccaneers no último sábado (31)

Diego Ribeiro
Colaborador do Torcedores

Crédito: Instagram Oficial Cairo Santos

O último dia do “interminável” mês de agosto trouxe consigo uma notícia ruim para Cairo Santos. No último sábado, 31, todas as 32 franquias da NFL informaram quais seriam os 53 jogadores que formariam seus elencos. E o kicker brasileiro foi cortado da lista final do Tampa Bay Buccaneers e. consequentemente, acabou sendo dispensado pela franquia da Flórida. Porém, mesmo diante do “baque”, Cairo demonstrou otimismo para um futuro próximo.

O primeiro brasileiro a ingressar na maior liga de futebol americano do mundo perdeu a disputa para o calouro Matt Gay, que será o titular dos Bucs na centésima temporada da National Football League.  Agora, cabe ao “zica das bicudas” – apelido dado pelos fãs brasileiros – procurar uma nova casa na NFL para continuar fazendo a bola oval voar em direção às conquistas de extra points field goals.

“Eu saio de Tampa com a cabeça erguida, muito satisfeito com o trabalho que fiz no training camp. Sinto que estou no meu auge, voltei a ser o kicker que eu era antes dessas lesões. Apesar de não ter saído com a vaga, sinto que ganhei mais uma competição, acertei 91% dos chutes que tive nos treinos, contra 80% dele. Eu me dei a chance, fiz o que precisava ter feito. Eu estou livre para assinar com qualquer time, teve algumas sondagens, estou ciente de times que tem dificuldades com kickers. Estou confiante que vou estar pronto e que serie um dos melhores nomes disponíveis neste momento. Vou continuar treinando aqui em Jacksonville e me preparar para estar pronto para uma oportunidade”, disse Cairo, ao site da “ESPN”.

Bom relacionamento e otimismo por uma nova oportunidade na NFL

Cairo Santos agora aguarda a chance de poder atuar por uma nova franquia e salientou o bom relacionamento conquistado por onde passou. Vale ressaltar que Santos já vestiu as camisas de Kansas City Chiefs, Los Angeles Rams, New York Jets e Chicago Bears, além dos Bucs.

“Eu tenho relacionamento com Bears, Jets, já passei por lá, eles têm os mesmos snappers, holders, conheço bem os treinadores. O John Dorsey me trouxe para Kansas City. Só gostaria de uma equipe e onde for eu vou estar feliz de estar de volta. Se pudesse ficar mais no calorzinho, seria melhor, mas a gente não está podendo escolher muito”, frisou o kicker.

“Queria agradecer o apoio de todos, os brasileiros que vieram nos training camps. Não é assim que minha carreira está acabando, gostaria de deixar comunicado com eles que eu sou o cara de sempre, que era antes, estou confiante no próximo desafio e tenho confiança que vai acontecer”, completou.

LEIA MAIS:

NFL 2019: CONFIRA AS NOVIDADES DAS EQUIPES DA AFC OESTE PARA A PRÉ-TEMPORADA

DUZÃO É TROCADO DE POSIÇÃO NO MIAMI DOLPHINS