Conca diz que foi “cobrado” por Romário após chegar ao Vasco e elogia ex-atacante: “Pessoa espetacular”

Após desembarcar no Vasco em 2007, Conca estava ciente de que teria um dos grandes atacantes da história como companheiro de clube

Bruno Romão
22 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Meia argentino, após boa passagem pela Universidad Católica, chegou tímido ao Cruzmaltino e demorou para deslanchar. Logo no início de sua trajetória no clube conheceu logo de cara a personalidade de Romário, conhecido por sua sinceridade. Sendo assim, ele revelou em entrevista ao ”Bolívia Talk Show”, do canal ”Desimpedidos”, que recebeu um recado do Baixinho.

”Joguei com o Romário em  2007, quando ele cheguei no Vasco e ele estava pra fazer o gol 1000. Sempre gostei muito dele. Quando assinei com o Vasco, diziam ‘Romário vai fazer o gol 1000’. A primeira vez que pisei em São Januário, primeira vez no vestiário, estava o Romário sentado. Ai fui cumprimentar e ele falou: ‘Esse aqui que vai dar os passes pra eu fazer o gol?’. Ele me tratava muito bem. Ele é uma pessoa espetacular, tanto dentro quanto fora”, declarou.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Além disso, Conca falou sobre como foi a experiência de ver de perto toda qualidade de Romário com a bola nos pés. Mesmo estando na fase final de sua carreira, seu desempenho deixou o argentino completamente surpreso.

”Pela televisão, você acha ele fantástico. Pessoalmente, falava: ‘Como ele conseguia fazer um gol desse?’. Não sabia que ele cabeceava tão bem na bola. A facilidade de achar ele. Com 40, 41, um zagueiro rápido vindo no desespero e ele metia bola pra dentro. Ver ele treinar, também, foi espetacular”, acrescentou.

LEIA MAIS