Principais notícias do Grêmio desta sexta-feira: Tricolor enfrenta o Fluminense com time reserva, Michel vê com bons olhos disputa por posição e mais

Confira as principais notícias do Grêmio desta sexta-feira (27). O Torcedores.com selecionou os destaques do dia de hoje do Tricolor gaúcho.

Felipe Persiani
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Facebook

Michel vê com bons olhos a disputa por posições, David Braz diz que o Tricolor precisa recuperar pontos perdidos e mais informações do time gaúcho de hoje.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Principais notícias do Grêmio

Disputa sadia

Michel acredita que a disputa pela titularidade só traz benefícios. “É uma disputa sadia. Só quem ganha é o Grêmio com jogadores de qualidade, independente da posição”, argumentou o volante.

LEIA MAIS: Michel valoriza atuação do Grêmio contra o Avaí, e avalia briga pela titularidade: “Disputa sadia”

Recuperar pontos

David Braz avalia sequência de bons resultados do Grêmio. “É difícil estar vencendo por goleada em um campeonato tão difícil como o Brasileiro e isso vai dando confiança pra gente. Graças a Deus estamos somando pontos e recuperando os pontos que a gente perdeu no primeiro turno”, disse o zagueiro gremista.

Time alternativo

Renato Gaúcho usará uma equipe reserva contra o Fluminense neste domingo, pois o Tricolor tem a semifinal da Libertadores no meio de semana.

LEIA MAIS: Renato reforça grupo reserva do Grêmio com Léo Moura e garotos; veja os relacionados

Convocado

Walter Kannemann foi convocado por Scaloni para defender a seleção argentina nos amistosos contra Alemanha e Equador. Perderá duas partidas pelo Brasileirão.

LEIA MAIS: Convocado pela Argentina, Kannemann desfalca o Grêmio em duas rodadas do Brasileirão

Mínimo G-4

Renato acredita que conquistar o título do Brasileirão é complicados, mas não impossível. O mínimo que almejam é o G-4.

LEIA MAIS: “Título é complicado, mas não impossível. O mínimo que queremos é o G-4”, afirma Renato sobre restante do Brasileirão