Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Copa do Brasil: Bolsonaro dispensa rádios gaúchas da Voz do Brasil por causa da dupla Gre-Nal

Presidente da República assinou decreto que permite aos torcedores ouvirem os jogos decisivos do torneio nacional

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 28 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Flickr CBF

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, assinou decreto que tira a obrigatoriedade das emissoras de rádio do Rio Grande do Sul de veicularem o programa Voz do Brasil desta quarta-feira (4). A decisão se justifica em virtude dos jogos de Grêmio e Internacional, pela Copa do Brasil. A informação é do site UOL.

Pela semifinal do torneio nacional, o Grêmio enfrentou o Athletico Paranaense, a partir das 19h, no estádio Arena da Baixada. O Inter, por sua vez, vai receber o Cruzeiro, às 21h30, no estádio Arena Beira-Rio.

De acordo com o portal de notícias, “o código brasileiro de telecomunicação obriga a reprodução do programa oficial até às 22h”. Isso significa que “as rádios gaúchas teriam as transmissões interrompidas em algum momento da noite”, completa o site.

“Durante as partidas da Copa do Brasil 2019, disputadas no dia 4 de setembro de 2019, as emissoras de radiodifusão sonora em funcionamento no Estado do Rio Grande do Sul ficam dispensadas da obrigatoriedade de retransmitir o programa oficial de informações dos Poderes da República, nos termos do disposto na alínea “e” do caput. do ar.38 da Lei n° 4.117, de 27 de agosto de 1962 – Código Brasileiro de Telecomunicações”, explica o texto do decreto.

Leia também:

Oscar diz que está “muito otimista” com Bolsonaro no poder e fala: “não imagino ele roubando”

Jornal paraense noticia jogo do Paysandu baseado em slogan contra Bolsonaro; veja

Brasileirão: “O Bolsonaro tinha que ir na CBF e acabar com o campeonato”, dispara Neto