Torcedores – Notícias Esportivas

Dia do Cerrado: conheça um pouco mais do Brasiliense, o representante candango que surpreendeu o Brasil nos anos 2000

Jacaré atualmente disputa a última divisão nacional, contudo, em menos de 20 anos de fundação, clube já tem muita história pra contar

Cido Vieira
Jornalista graduado. Redator do Torcedores.com desde 2017. Repórter na rádio Provisão FM Caruaru.

Crédito: Reprodução - Youtube

Nesta quarta-feira (11), é comemorado o Dia nacional do Cerrado. Classificada como “savana brasileira” ao lado da Caatinga, a região é o segundo maior bioma do país e principal área de expansão na agricultura.

No futebol, um time que pode ser considerado um “garoto”, viveu tempos de glória no início dos anos 2000 e colocou seu nome no “mapa” do futebol brasileiro. Dificilmente um bom amante do esporte bretão não lembre da avassaladora campanha do Brasiliense, que em sua primeira edição de Copa do Brasil chegou a grande decisão, fazendo frente até para o “todo poderoso” Corinthians.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

A HISTÓRIA

Com sede em Taguatinga, no Distrito Federal, o Brasiliense foi fundado em 2000, após uma fusão do antigo Atlântida Esporte Clube, que fora criado em 1986 por trabalhadores de uma fábrica de móveis, mas que só fora profissionalizado em 1997.

ASCENSÃO METEÓRICA

Bem estruturado e com gana por vitórias, o Brasiliense não demorou muito tempo para mostrar suas credenciais no futebol nacional. Antes de completar dois anos de fundação, o Jacaré alcançou de forma impressionante uma decisão de Copa do Brasil, sucumbindo apenas na grande decisão para o forte Corinthians. Nesta trajetória, os candangos deixaram para trás equipes tradicionais como: Náutico, Fluminense e Atlético-MG.

Voando alto, o Brasiliense desbancou o arquirrival e popular Gama e tornou-se o detentor da maior sequência de títulos estaduais. Foram seis conquistas consecutivas entre os anos 2004 e 2009. No Brasileirão, o cenário não foi diferente, no mesmo ano em que conseguira a façanha de chegar à decisão do torneio copeiro, o qual fazia a sua primeira participação, o time candango faturou o título da Série C, principalmente sob a batuta de Wellington Dias e do lendário Túlio Maravilha, que foram os artilheiros do certame.

Em 2004, o time candango galgou mais expressivos degraus. Além do inédito título estadual, que posteriormente desencadeou em uma série de títulos até então inédita no estado, o Jacará faturou o título da Série B, alcançando então o sonhado acesso para elite do futebol brasileiro.

O sonho, no entanto, durou pouco, foi apenas uma temporada na Série A, tendo somado apenas 41 tentos, a pior campanha do certame daquele ano. Nos anos seguintes, o Brasiliense ficou na Série B. Em 2007, o time voltou a alçar voos ousados na Copa do Brasil, onde chegou até a fase de semifinal.

A boa fase deu espaço a uma série de resultados negativos e rebaixamentos acumulados na sequência. Em 2013, o time candango sofreu um dos baques mais duros de sua recente história. Um revés frente ao Cuiabá acabou minando a equipe para Série D, a porta de entrada e última divisão nacional.

Sem a expressiva reação de outrora, o Brasiliense permanece na quarta divisão até os dias atuais. Neste período de derrocada, a maior conquista foi o título estadual de 2017, que findou uma seca que já se perdurava por três anos. Apesar das classificações para a Copa Verde, e Copa do Brasil das últimas temporadas, o Jacaré pouco fez e, quase todo ano, vê seu calendário ser findado antes do esperado.

JOGADORES DE RENOME

Por muitos anos, o Brasiliense foi a casa de jogadores já renomados no cenário do futebol e que encerravam próximos de encerrar suas respectivas carreiras. Além de Túlio Maravilha, atleta como Vampeta, Oséas, Iranildo, Athirson, Beto, Junior Baiano e entre outros vestiram a “amarelinha” da equipe da capital federal.

TÍTULOS

Série B – 2004

Série C – 2002

Campeonato Brasiliense – 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2011, 2013 e 2017

Campeonato Brasiliense 2ª divisão – 2000

Taça Dr. Sócrates – 2012

Taça Mané Garrincha – 2013

LEIA MAIS: