Diniz é apresentado pelo São Paulo e fala em ‘maior chance da carreira’

Diniz chega para comandar o São Paulo no restante da temporada 2019 e tem como objetivo a vaga direta na fase de grupos da Libertadores 2020

Bruno Barbato
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Rubens Chiri - saopaulofc.net

Fernando Diniz foi apresentado oficialmente pelo São Paulo nesta sexta-feira (27). O treinador chega para comandar a equipe paulista, após a saída de Cuca na última quinta-feira (26). O novo comandante demonstrou empolgação para o mais novo desafio da carreira.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Um dos temas abordados foi sobre a chance de comandar o São Paulo. Diniz não pensou duas vezes em admitir que esta é a maior oportunidade em toda sua carreira como treinador. Ele citou trabalhos anteriores e classificou o Tricolor do Morumbi como o “auge da sua carreira”.

“Certamente. A carreira está evoluindo da onde saí. Os times Atlético, Fluminense e agora São Paulo é o auge da carreira. Espero corresponder à expectativa de todos, a minha também. Que cative o torcedor jogando de uma maneira bonita”, afirmou Diniz.

Por fim, Diniz falou sobre a pressão existente e projetou a partida contra o Flamengo. Sem tempo para treinar a equipe, ele já se comprometeu a colocar em campo uma forte equipe para sua estreia contra o líder do Brasileirão.

“A pressão existe, um time como São Paulo ficarem títulos a pressão aumenta. Quanto ao time (que vai enfrentar o Flamengo), no treino de hoje a gente foi colocando doses homeopáticas. Vamos passar vídeos e vamos levar um time muito forte para enfrentar o Flamengo”, garantiu Diniz.

A estreia de Fernando Diniz será no sábado (28), contra o Flamengo. A bola rola às 19h, horário de Brasília, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Com 35 pontos, o Tricolor Paulista aparece na sexta posição na tabela de classificação do Brasileirão.

LEIA MAIS

Fernando Diniz fará sua estreia pelo São Paulo contra o Flamengo