Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Diretor do Atlético-MG condena atitude de Cazares e manda recado

Após atraso na atividade de sábado, Cazares será punido pelo Atlético

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Bruno Cantini

Por conta do atraso no último treino do Atlético, no sábado, o meia Cazares iniciou a partida de hoje contra o Internacional no banco de reservas. Diretor de futebol do Galo, Rui Costa apoiou a decisão do técnico Rodrigo Santana em barrar o equatoriano.

“Foi uma falta grave em relação aos seus companheiros. Ele chegou muito atrasado sem uma justificativa plausível. Foi uma decisão disciplinar ele não ir até para o campo. Uma decisão acertada do Rodrigo (Santana, treinador). Ele não pode tratar igual quem faz tudo certinho e quem não faz. O Atlético vai punir dentro da lei”, disse Rui.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

“O Cazares teve uma semana polêmica. Eu fui a público explicar uma situação que não tem relação direta com esta e dias depois ele permite isso. Depois deste jogo duríssimo, estamos aqui novamente falando sobre ele. O jogador não será execrado publicamente, a punição será financeira. Volto a dizer, a maior punição que ele pode ter é refletir profundamente como a torcida reagiu quando ele foi a campo. É entender que estamos em uma competição importante e precisa ter comprometimento, visão do coletivo”, completou o dirigente do Atlético.

Desde que chegou ao Atlético, Cazares acumula situações que geraram uma repercussão negativa. Na visão de Rui Costa, é preciso que o camisa 10 mude de uma vez por todas o seu comportamento.

“Antes da minha chegada já aconteceram outros episódios. Ele precisa entender que cada ato gera uma consequência. Eu acredito no ser humano, na capacidade de entender seus erros e retomar o seu caminho. Para ele, o melhor é mudar, caso contrário as consequências serão graves na vida dele, não apenas na carreira,“, concluiu.

LEIA MAIS: