Ex-Corinthians ajuda a cortar cabelo da esposa com câncer em Goiás

Volante do Dragão trava batalha ao lado da esposa, diagnosticada com um tumor no fêmur, enquanto luta para levar sua equipe à elite do Brasileirão

Luiz Ferreira
Produtor executivo da equipe de esportes da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, jornalista e radialista formado pela ECO/UFRJ, operador de áudio, sonoplasta e grande amante de esportes, Rock and Roll e um belo papo de boteco.

Crédito: Reprodução / Arquivo Pessoal

Quem viu a alegria do volante Moacir ao comemorar o gol marcado contra o Coritiba no último domingo (8), no Couto Pereira, não imaginava o drama pelo qual o jogador estava passando. O jogador comemorou saltitando e simulando o uso de muletas em homenagem à esposa, Emannuela Silva, diagnosticada com um tumor no fêmur há cerca de dois meses. Desde então, Moacir tenta transformar o sonho do acesso à Série A em realidade e inspira a mulher na batalha contra a doença.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Em entrevista concedida à TV Anhanguera (afiliada da TV Globo em Goiás), Moacir fez questão de demonstrar o carinho pela esposa os dois se conheceram ainda em Pernambuco e têm três filhos pequenos: Igor, de 12 anos, Mohara, de nove e Sophia de oito. O volante do Atlético-GO falou sobre a comemoração do gol sobre o Coritiba.

No momento, você fica anestesiado. Eu tinha outras comemorações para fazer, pois os filhos pedem uma ou outra dança, mas na hora só veio a Emannuella na cabeça. Pelo fato de ela estar usando muletas, decidi fazer aquela comemoração para homenageá-la” – falou Moacir.

Com passagens por clubes como Corinthians, Sport, Coritiba e Fortaleza, o volante de 33 anos e um dos destaques do Atlético-GO na temporada (ao lado de Mike e Kozlinski) também fala sobre a necessidade de ter que conciliar o bom momento dentro dos gramados com o drama familiar.

Tento separar minha vida pessoal da profissional. Quando chego ao clube, do portão para dentro sou o Moacir jogador. Tenho que fazer meu trabalho, me empenhar e me doar ao máximo. Quando saio, cuido dos meus problemas pessoais, minha família e assim vou conduzindo minha vida. Costumo usar muito meu equilíbrio para todos os momentos. Sou um dos pilares da família e tenho que me manter firme para mantê-los firmes também. Se eu cair, provavelmente eles cairão comigo” – argumentou.

Emannuela Silva garante que Moacir é quem dá o equilíbrio dentro de casa e também revelou surpresa com a comemoração “de muletas” do marido.

Fiquei bem emocionada, confesso que não esperava. Ele não fala o que vai fazer nas comemorações. É coisa dele com as crianças. Quando vi, já estavam gritando gol e foi uma emoção bem legal. (…) Ele que dá o equilíbrio em casa. Eu sou mais agoniada, mais nervosa. Quero resolver tudo rápido. Ele que vem pra dizer “calma”. Aí tem que respirar fundo e obedecer, né? Mas mesmo nessas situações mais difíceis ele está do mesmo jeito. Não se desequilibra. Por dentro, pode ser que ferve, mas pra gente ele tenta manter a força e dá certo” – falou Emannuela.

Um dia depois da vitória sobre o Coritiba, Moacir e a esposa decidiram que era o momento de raspar a cabeça por conta da segunda sessão de quimioterapia no Hospital Araújo Jorge.

Estávamos adiando esse momento. O cabelo já estava caindo bastante, havia cabelo pela casa inteira. Já fui preparando as crianças. A menorzinha (Sophia) sentiu mais um pouco. Ficou mais preocupada, mas entrou na dança. É um momento difícil, mas necessário” – afirmou Moacir.

Emannuela tem dificuldades para andar, mas consegue realizar as suas atividades no dia a dia sem maiores problemas. O que começou como uma simples dor no joelho se revelou algo muito mais grave. Mas ela se mantém confiante na cura completa até o final do ano.

Achávamos que era algo muscular, pois eu sempre gostei de treinar. Após vários diagnósticos diferentes, resolvemos fazer uma ressonância e descobrimos que era um tumor ósseo. Mas nós temos uma base forte, a família está apoiando e não dá para retroceder agora. Estamos firmes e confiantes na cura completa até o fim do ano” – afirmou Emannuela.

O Atlético-GO volta a campo pela Série B na próxima sexta-feira (13) contra o Figueirense no Estádio Antonio Accioly, em Goiânia. Moacir com certeza estará em ação e sua família na torcida.

LEIA MAIS:

Neto detona o técnico Tite após derrota do Brasil para o Peru: “Está fazendo mal para a seleção”

Procon-SP vai ao Allianz Parque e Palmeiras promete trocar rede do setor visitante