Flamengo 3 x 1 Internacional: veja os gols do Brasileirão 2019

Rubro-Negro e Colorado estão se enfrentando neste momento no Maracanã, pelo Brasileirão

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Getty Images

Flamengo x Internacional: as duas equipes se enfrentaram na noite desta quarta-feira (25), em partida da 21ª rodada do Brasileirão 2019, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), e o time carioca levou a melhor por 3 a 1.

Logo aos 19 minutos, o atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol escapou da marcação e foi puxado na área pelo lateral Bruno. O juiz marcou pênalti e ainda expulsou o atleta do Inter.

Na cobrança, Gabigol não perdoou.

Assista ao gol de Gabigol:

No entanto, logo no início do segundo tempo, o Colorado foi valente e chegou ao empate, mesmo com dois jogadores a menos em campo – Bruno e Guerrero foram expulsos no primeiro tempo.

Após passe de Rodrigo Lindoso, Edenílson, da entrada da área, bateu de canhota e empatou.

Assista ao gol de Edenílson:

O Flamengo, porém, seguiu pressionando e conseguiu ficar à frente no placar novamente aos 9 minutos, com gol de cabeça de Arrascaeta.

Veja o gol de Arrascaeta:

Já aos 29 minutos da etapa final, o atacante Bruno Henrique também marcou o dele mostrando oportunismo para desviar cruzamento de Arrascaeta. O gol deu números finais ao duelo.

Confira o gol de Bruno Henrique:

Ficha técnica para Flamengo x Internacional:

Confira as escalações dos times e a arbitragem:

Competição: Campeonato Brasileiro – 21ª rodada
Local: estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25 de setembro de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Fillipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e De Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson e Nonato; Patrick, Nico López e Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann

LEIA MAIS: