Oswaldo de Oliveira mantém a calma após perder de 3×0 para o Palmeiras: “Fluminense vai melhorar, temos 20 jogos

Em entrevista coletiva após derrota para o Palmeiras, Oswaldo de Oliveira afirma que o Fluminense vai melhorar

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Twitter/Reprodução

Perder de 3×0 nunca é fácil. Para uma equipe que já está na Zona de Rebaixamento, então, a situação é ainda mais desconfortável. E foi sobre essa situação que Oswaldo de Oliveira teve que falar após Palmeiras x Fluminense. Válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o jogo, realizado no Allianz Parque, nesta terça-feira (10), viu o Verdão dominar completamente as ações. O técnico, porém, deixou claro que o Fluminense vai melhorar.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Ao ser perguntado sobre as chances do Tricolor ser rebaixado, Oswaldo de Oliveira tranquilizou a torcida. “Nós temos 20 jogos pela frente, um turno inteiro. O Fluminense vai melhorar, com certeza. Vamos fazer jogos melhores e vamos buscar resolver os nossos problemas”, comentou.

Outro assunto colocado em pauta foi o psicológico do Tricolor. Embora reafirme que o Fluminense vai melhorar, Oswaldo de Oliveira não escondeu que criar oportunidades e não aproveitá-las mexe com a cabeça dos jogadores. “Sem duvida é preponderante. Ficamos abatidos no intervalo, tentei reanimá-los. Mostramos que tínhamos chance de empatar o jogo”.

Antes do cotejo começar, o jogo no Allianz Parque defrontava as duas equipes com mais efetividade no número de cruzamentos do Brasileirão. João Pedro, do Tricolor, afirmou que o o duelo seria disputado de igual para igual. Já Muriel, após a peleja, demonstrou irritação com o desempenho do Tricolor.

LEIA MAIS
Muriel é perdoado pela torcida do Fluminense após falha contra o Internacional: “Fez dois milagres no jogo, injustiça absurda falar mal”
Fluminense x São Paulo será a primeira partida de Ganso contra a equipe em que atuou mais vezes na carreira
Torcedor do Fluminense, Paulo Henrique Amorim tratou do esporte para cutucar inimigos políticos e Rede Globo