Guilherme Arana revela angústia nos tempos de Sevilla e promete retornar ao Corinthians: “Sou muito grato”

Em entrevista, lateral esquerdo comemorou acerto com a Atalanta e se declarou ao Corinthians

Junior Azevedo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina, fanático por futebol e torcedor do Londrina Esporte Clube

Crédito: Foto: Reprodução/CBF

O lateral esquerdo Guilherme Arana, de 22 anos, revelou na janela da imprensa na seleção olímpica, que estava angustiado no Sevilla. O jogador comemorou o acerto com o Atalanta e prometeu retornar ao Corinthians um dia. Vale lembrar que o timão tentou a sua contratação antes do lateral acertar com o clube italiano.

“Sou muito grato ao Corinthians, clube que abriu as portas para mim e para minha família, onde pude ser reconhecido. Foram 12 anos vestindo essa camisa. Eu me senti em casa no clube e tenho um carinho enorme. Pode ter certeza de que um dia eu retornarei”, declarou Arana.

“Me senti angustiado no Sevilla. Bateu o desespero. Tenho 22 anos e quero jogar, estava louco para jogar e não ia para os jogos. Minha família sempre me orientou, falou que estava comigo independentemente do que eu estava passando. Fui trabalhando, sabendo que a oportunidade iria aparecer em algum lugar. Não deu certo no Corinthians, segui trabalhando, graças a Deus e junto com meus agentes consegui um grande clube, onde me senti muito bem”, afirmou o jogador.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Com a camisa do Corinthians, Guilherme Arana atuou 88 jogos e marcou quatro gols, dois deles no maior rival Palmeiras. O lateral esquerdo viveu o seu auge no clube em 2017, ano no qual foi titular absoluto na conquista do Campeonato Paulista e do Campeonato Brasileiro.

Perguntado sobre as projeções da carreira após trocar o Sevilla pelo Atalanta, Guilherme Arana afirmou que terá uma reviravolta na sua carreira. Praticamente encostado no clube espanhol, o jogador deverá ser mais aproveitado no clube italiano.

“Estou dando uma reviravolta, num outro clube, em que tudo é novo. E já com uma experiência, isso ajuda para eu me adaptar melhor. Estou feliz com esse momento de poder estar num novo clube. Fui bem recebido por todas as pessoas, pelo presidente. Cheguei lá 10 horas da noite e ele estava lá me esperando para assinar. Estou feliz e voltei a ter aquela sensação de entrar em campo, mostrar o que sei e o que gosto de fazer, jogar futebol”, comentou Arana.

LEIA MAIS

Futebol Brasileiro: jogos de Corinthians e Flamengo apresentam os maiores públicos no fim de semana