Indicada pela CBB, Magic Paula é nomeada para a Comissão de Jogadores da Federação Internacional de Basquete

“Vou tentar representar muito bem, não só o basquete do Brasil, mas também o sul-americano”, falou Magic Paula, na reunião do Conselho Central da entidade.

Rosana Colodel
rosanajcolodel@gmail.com

Crédito: Giovanni Kleinübing/CBB

Magic Paula, ex-jogadora da Seleção Brasileira de Basquete, é a nova integrante da Comissão de Jogadores da Federação Internacional de Basquete. A atleta foi eleita no último sábado (14), na reunião do Conselho Central  da entidade, realizada em Pequim, na China.

Indicada pela CBB (Confederação Brasileira de Basquete), Paula destacou que a nomeação é um reconhecimento pela carreira: “Vou tentar representar muito bem, não só o basquete do Brasil, mas também o sul-americano. É um reconhecimento pela minha carreira como jogadora do Brasil, defendendo o país; vou tentar corresponder como fazia nas quadras”.

“A Paula foi uma jogadora fantástica, com uma carreira repleta de títulos e conquistas, que sempre representou muito bem o basquete brasileiro, dentro e fora das quadras. Por isso, tenho certeza que ela vai brilhar também integrando a Comissão de Jogadores”, completou Guy Peixoto Jr, presidente da CBB.

A Comissão, criada em 2014 para representar os interesses dos jogadores, também nomeou os seguintes integrantes para o mandato de 2019 a 2023: Dirk Nowitzki (Alemanha – presidente), Tela Jenni (Austrália), Ilona Korstin (Rússia), Hachetou Maiga Ba (Mali), Raffaella Masciadri (Itália), Yegor Mescheriakov (Bielorrússia), Marko Milic (Eslovênia), Hanno Mottola (Finlândia), Kirk Penney (Nova Zelândia), Yuko Oga (Japão), Amaya Valdemoro (Espanha), Nikos Zisis (Grécia), Mathieu Faye (Senegal), Dejan Majstorovic (Sérvia – Basquete 3×3) e Marie-Eve Paget (França – Basquete 3×3).

Leia Mais: Basquete feminino: Santo André homenageia Laís Elena, ex-jogadora da equipe, em nome de ginásio